é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 19 de novembro de 2019 às 13h50

Wanderson elogia concorrentes por posição e projeta jogo com o Goiás

Zagueiro comentou sobre a concorrência por vaga na equipe titular

Victor de Freitas

2019-11-19-13-30_capawanderson10
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Com a rara ausência de Juninho, o zagueiro Wanderson foi o escolhido para atuar como titular na partida contra o Palmeiras, no último domingo (17). Concorrente a uma posição no time, o defensor falou com a imprensa, nesta terça (19), e disse o que espera do restante da temporada.

Em entrevista coletiva no Fazendão, Wanderson destacou a dificuldade para conseguir um lugar na equipe titular e fez elogios aos titulares Lucas Fonseca e Juninho, que não estão dando brechas para os concorrentes durante este Brasileirão.

“No meu ponto de vista, Juninho e Lucas vem fazendo um grande campeonato. Até comentei com Claudinho que, quando a gente chega em uma certa idade, tem que respeitar os companheiros. É dessa forma que eu vejo. Eu continuei trabalhando, assim como Xandão, Ignácio e Ernando, e estamos respeitando-os, que estão em um momento muito bom. É continuar trabalhando e, quando surgir a oportunidade, aproveitar. Só que ganha com isso é o Bahia”.

Jogo contra o Goiás

Wanderson falou sobre o que espera do confronto diante do Goiás, no final de semana, e citou as dificuldades que o Bahia deverá encontrar durante a partida.

“Goiás é um time muito rápido. Tem um homem de referência que dá presença de área. Apesar da qualidade, a gente tem que impor nosso ritmo, se defender bem. A gente vem fazendo bons jogos fora. Temos que nos impor e colocar nosso jogo em prática, mesmo sabendo que nosso adversário seja de qualidade”.

Reta final do Brasileirão

“A gente tem que fazer nosso papel. O resultado (empate entre Vasco e Goiás) nos ajudou, mas a gente tem que procurar vencer, sair dessa fase turbulenta, de oscilação, e procurar fazer o resultado positivo, e sair desses 44 pontos o mais rápido possível, e encostar no grupo que está brigando pela Libertadores”.

Bahia em baixa

“A gente tem consciência disso, mas a gente sabe que está fazendo o melhor. A gente tem um grupo trabalhador. Depois da partida, a gente conversou. E temos que fazer o nosso trabalho. Tentar melhorar a cada dia, elevar nosso nível. Essa partida foi difícil, contra um adversário difícil, que é o 2º colocado. É continuar trabalhado para os resultados voltarem a acontece”.

Estilo de jogo

“Comecei a jogar (pelo lado esquerdo) aqui, com o Roger. No Athletico, sempre joguei do lado direito. Ele me fez treinar e estimulou a jogar do lado esquerdo. Isso só acrescenta. O que você faz no dia a dia e leva para o jogo, acaba te ajudando. Isso me fez crescer muito, porque agora consigo jogar dos dois lados”.

Temporada de 2020

"Quando eu cheguei, disse que era meu primeiro time na Bahia, e sou natural daqui. Acho que vai ser um grande ano. O Bahia está fazendo um grande trabalho com essa administração. Vai ser um grande ano. Já vi que o Bahia postou o novo CT. Isso vai crescer a estrutura. Vai ser um ano de benção não só na minha carreira, como no clube".

O Bahia enfrentará o Goiás no domingo (24), às 16h, no estádio Serra Dourada.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.