é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Sobe e Desce

Publicada em 02 de dezembro de 2019 às 13h01

Sobe e desce: o que ficou em alta e em baixa na última semana

Retorno ao caminho dos triunfos é a marca positiva da semana do Bahia

Da Redação

O Bahia teve uma semana marcada por dois jogos fundamentais válidos pelo Campeonato Brasileiro, com um empate contra o Atlético Mineiro e um triunfo sobre o CSA, conquistado neste último domingo (1º).

O ecbahia.com analisa quais pessoas (jogadores, comissão técnica ou dirigentes), ações, atitudes, resultados ou situações se destacaram de maneira positiva ou negativa no Esquadrão desde a última segunda-feira (25), com o editorial ‘Sobe e Desce’.

Sobe: fim da sequência negativa

O ponto alto da semana do Esquadrão é o fim do jejum de triunfos, que já durava mais de um mês e meio, com nove partidas consecutivas sem saber o que é vencer.

Jogando fora de casa, o Bahia encontrou dificuldades, teve um atleta expulso, mas conseguiu vencer com um gol nos últimos minutos da partida.

O triunfo causa um sentimento de “alívio” nos torcedores e dentro do próprio clube, uma vez que a pressão por resultados acaba por atrapalhar o rendimento dentro de campo.

Com um resultado positivo conquistado mesmo em situação adversa na partida, o time tricolor ganha um novo ânimo para buscar mais dois triunfos, nas últimas partidas, e tentar alcançar a melhor posição possível na classificação da Série A.

Outro fator de alegria para o Bahia, na última semana, foi a conquista do título estadual feminino pela primeira vez. Foram mais de 3 mil tricolores na Arena Fonte Nova empurrar as Meninas de Aço ao triunfo que garantiu o troféu do Baiano.

Desce: sequência ruim em casa persiste

O aspecto negativo da semana foi a ampliação da sequência de partidas sem vencer diante da nação tricolor.

O segundo turno do Bahia tem sido sustentado pelos três triunfos conquistados fora de casa. Caso dependesse dos resultados em Salvador, a situação tricolor seria ruim na competição.

Isto porque o Esquadrão não vence um jogo, como mandante, desde o final do mês de setembro. São mais de dois meses de seca. No returno, apenas um triunfo foi conquistado dentro de casa.

Na quarta-feira (27), o empate em 1 a 1 com o Atlético Mineiro só aumentou a má fase do Bahia em casa, fato que não é de costume da equipe.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.