é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Baiano

Publicada em 10 de março de 2019 às 17h54

Sob vaias, Bahia empata em 0 a 0 com o rival na Fonte Nova

Tricolor empatou mesmo com um jogador a mais durante a maior parte do segundo tempo

Victor de Freitas

2019-03-10-17-18_capabavi20199
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Na tarde deste domingo (10), o Bahia recebeu a visita do Vitória em um clássico válido pela oitava rodada do Campeonato Baiano. O clássico terminou empatado em 0 a 0.

O JOGO

Vindo de dois resultados positivos na temporada, o Esquadrão de Aço entrou em campo com uma postura ofensiva, tal, com quatro jogadores com características ofensivas - além de laterais que buscavam chegar à linha de fundo.

Aos nove minutos, o Tricolor teve duas grandes chances para abrir o placar. Artur recebeu passe na grande área, ficou de frente para o goleiro Ronaldo e teve sua finalização defendida. No rebote, Nino tentou chutar por cima, mas parou em nova defesa do arqueiro. Em resposta, o rival chegou pela primeira vez em jogada aérea.

Ao longo da primeira etapa, o Bahia tinha a posse de bola em seus pés por mais tempo. Porém, tinha dificuldades para criar jogadas de perigo pelo centro do campo. Por outro lado, o time adversário apostava em jogadas aéreas ou em contra-ataques pela ponta direita. O desempenho até o intervalo resultou em vaias da torcida.

Na volta para o segundo tempo, o Bahia conseguiu pressionar o rival nos primeiros minutos e chegou perto de abrir o placar logo em sua primeira chegada ao ataque. Artur cruzou bola na área e Moisés apareceu livre para cabecear. O goleiro fez grande defesa.

A partir dos 20 minutos, o Bahia passou a ter um jogador a mais em campo depois de Edcarlos ser expulso por falta sobre Gilberto.

Precisando do resultado de triunfo no clássico, o Bahia se lançou ao ataque na parte final do jogo. Porém, esbarrava na falta de criatividade de seus meio-campistas e na defesa adversária.

Com a vantagem numérica em campo, Enderson apostou na saída do volante Douglas para a entrada de Caique aos 38 minutos. Porém, aos 44, Jackson precisou cometer uma falta para matar um contra-ataque rival e recebeu cartão vermelho.

Nos acréscimos, houve uma chance para cada lado. O rival acertou o travessão em bola aérea. Em resposta, o Bahia quase marcou com um voleio de Ramires.

No final dos 90 minutos, o placar ficou no 0 a 0 e muitas vaias foram ouvidas.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.