é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 01 de novembro de 2019 às 15h17

Roger fala sobre desfalques e quer Bahia mais confiante em campo

Treinador fala em 'resgatar a confiança do grupo' para voltar a vencer

Victor de Freitas

2019-08-16-18-50_caparogermachado60
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Em meio a uma sequência de três derrotas consecutivas, o Bahia vai visitar o Cruzeiro, neste final de semana, com o objetivo de buscar reabilitação no Campeonato Brasileiro.

Para o jogo contra a equipe cruzeirense, o técnico Roger Machado não contará com os volantes suspensos, Gregore e Ronaldo. Com as ausências, ele admite que precisará “quebrar a cabeça” para definir o melhor trio de meio-campo para o Esquadrão.

“Vamos pensar a partir desta sexta. Tirei Gregore, porque estava perigoso, em função da mobilidade do meio-campo do Santos e das seguidas intervenções que o Gregore acabou fazendo no primeiro tempo e ocasionou seu cartão amarelo. Infelizmente, também perdemos o Ronaldo. Agora vamos quebrar a cabeça para fazer um time forte para tirar pontos do Cruzeiro jogando em Minas”, falou o treinador.

O treinador tricolor também avaliou o momento vivido pelo Bahia e destacou a importância de uma retomada de confiança para que o time consiga voltar a vencer os jogos.

Nós temos que, dentro do que sempre fez, voltar a ter confiança para fazer, ter tranquilidade e não se assustar com o momento que estamos vivendo. Os jogadores, muitas vezes, inseguros no campo, e eu não consigo entender por que a insegurança, estamos brigando lá na frente, assimilando e assumindo uma pressão que eu não consigo entender, por que não temos tranquilidade. Hoje a bola queimou no nosso pé, e isso atrapalha tecnicamente o planejamento para o jogo. Poucos jogadores que tiveram controle para trabalhar a bola com tranquilidade. Só parava no nosso pé quando chegava no Élber ou Artur, que tem mais destreza para segurar a bola. Do contrário, estava com receio de sair jogando. Trabalho foi feito para que tivéssemos coragem e confiança para sair jogando. Não aconteceu. Resgatar confiança desse grupo. Ajustar, mas tem que ter o prazer de jogar bola”, finalizou.

Preparação para a partida

Com pouco tempo entre um jogo e o outro, o Roger terá dois dias para conversar com o elenco, mas apenas um momento de treino.

O elenco fará uma atividade na manhã deste sábado (02), em Belo Horizonte.

Cruzeiro e Bahia vão se enfrentar na noite de domingo (03), no Mineirão.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.