é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 30 de julho de 2020 às 20h25

Roger aprova atuação do Bahia e afirma: ‘fizemos um jogo seguro’

Treinador fez elogios aos seus jogadores

Victor de Freitas

2020-07-22-22-23_caparogermachado124
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia saiu em vantagem na semifinal do Campeonato Baiano, ao derrotar o Jacuipense por 2 a 0, nessa quinta-feira (30).

Após o resultado obtido em Riachão do Jacuípe, o técnico Roger Machado concedeu a tradicional entrevista coletiva e falou sobre o desempenho de seus atletas ao longo dos 90 minutos.

O treinador também explicou a formação tática que iniciou a partida e as mudanças no segundo tempo.

“Tinha alguns fatores que dificultaram o jogo. Obviamente a qualidade do nosso adversário, que tem um time com muita velocidade e que, talvez pelo gramado mais pesado, que tornava o jogo mais lento, fez com que isso tirasse a velocidade do nosso adversário. Nos adaptamos bem à partida. Entramos com uma formação bem sólida no meio, para ter combatividade para que no segundo tempo nós déssemos nossa característica de soltar um pouco mais, que foi o que aconteceu. Hoje foi um jogo seguro, com atuações individuais importantes, mas sobretudo coletivamente muito bem”, explicou o treinador do Bahia.

Jogo seguro

“O triunfo agradou principalmente porque a gente soube se adaptar ao que o jogo pedia. Quando deu para criar, a gente criou. Apostamos também na segurança das bolas paradas, tanto defensiva, como ofensivamente. Penso que foi uma partida muito segura, como disse antes, com atuações individuais e coletiva de alto nível”.

Atuações individuais de destaque

“A gente teve bons destaques individuais: Daniel, Marco Antônio, Mateus Claus e o próprio Alesson, que tem entrado bem e hoje agraciado com um belo gol, minha dupla de zaga foi segura contra um adversário que usa muito das bolas aéreas, nossos laterais foram seguros defensivamente, que impediram a velocidade de jogadores rápidos que nosso adversário tem costume de usar. O Elton foi muito bem no meio-campo. Eu destacaria quase todos os jogadores. Uns com um pouco mais de destaque do que outros, mas o que faz com que os jogadores possam se destacar é a força coletiva”.

Queda de nível após o segundo gol

“Nós não conseguimos conectar ou conectamos e não conseguimos finalizar boas jogadas. Coloquei ainda o Edílson para a gente continuar apostando na velocidade, porém o adversário, pensando em diminuir o placar da vitória, se lançou ao ataque e nós não conectamos bem as bolas longas. Desgastados da partida sim, mas não foi isso que fez com que a gente recuasse na partida”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.