é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Departamento Médico

Publicada em 14 de julho de 2019 às 18h25

Médico do Bahia explica situação de lesionados do elenco

Ernando e Rogério podem necessitar de cirurgia; médico também avalia Nino e Guerra

Victor de Freitas

2019-06-08-08-50_capaernando15
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Antes do retorno aos jogos oficiais, o DM do Bahia já vinha tratando as situações físicas de Ernando e Rogério. Depois de duas partidas, o lateral Nino e o meia Guerra sofreram lesões e também passaram a trabalhar sob cuidados dos médicos do clube.

Após a partida contra o Santos, o médico tricolor, Dr. Rodrigo Daniel, avaliou a situação de cada um dos quatro machucados do elenco tricolor. Os casos mais preocupantes são os de Ernando e Rogério, que podem necessitar de cirurgias.

Ernando

Jogador com mais tempo de tratamento no DM, Ernando não atua desde a partida contra o Ceará, no mês de maio. Desde então, está passando por um tratamento conservador. Mas pode necessitar de cirurgia.

“Teve um diagnóstico de hérnia de disco e tem um tempo de recuperação de mais ou menos 30 dias. Vem em evolução favorável, porém lenta. Essa semana a gente vai ter o auxílio de um especialista em coluna para ver se ficaremos no tratamento conservador ou se é caso para cirurgia”.

Rogério

Com uma luxação no ombro sofrida no jogo-treino realizado contra o time sub-20, no dia 5 deste mês, Rogério também pode precisar passar por uma cirurgia no local – que o tiraria do restante da temporada.

“Rogério teve uma luxação no ombro esquerdo no treino de sexta. Eu estava no treino, reduzi rapidamente o ombro. Fizemos um exame de imagem, e existe a possibilidade de cirurgia. A gente vai definir na segunda. Se for cirúrgico, ele deve ficar afastado por três a quatro meses”.

Nino Paraíba

O titular da lateral-direita sofreu uma entorse no tornozelo, diante do Grêmio, e está em uma evolução satisfatória. Porém, é dúvida para a partida de quarta-feira.

“Entorse tornozelo esquerdo. Evolução muito boa, favorável, já anda sem dificuldade. Está tratando em dois turnos no Fazendão. Evolui bem, e é um jogador que, pelas características da lesão, preocupa para quarta. A gente espera que ele continue evoluindo bem e que terça consiga descer para o campo e testa-lo”.

Alejandro Guerra

O mais recente lesionado é justamente um dos reforços contratados pelo Bahia neste mês de julho. Em seu segundo jogo, Guerra deixou o campo com dores. Ele tem uma suspeita de estiramento ligamentar no joelho direito e passará por um exame de imagem para definir diagnóstico.

“Sofreu entorse do joelho direito no lance do pênalti e saiu com bastante dor. Não observamos edema, mas existe suspeita de estiramento ligamentar. Na segunda, faz ressonância magnética para a gente ter um diagnóstico”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.