é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 10 de março de 2020 às 18h30

Lateral cita importância do time sub-23 para o elenco principal

'Para nós, do time principal, é importante ter um descanso a mais'

Victor de Freitas

2020-03-10-18-16_capajuninhocapixaba22
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia trabalha com dois elencos profissionais em 2020. Enquanto o time principal trabalha com foco nas principais competições, a equipe de transição ganha espaço no Estadual.

Titular da equipe principal do Esquadrão, Juninho Capixaba vê a participação do time sub-23 no Baiano como um fator importante para a temporada, uma vez que o calendário mais folgado dá a oportunidade de treinar mais vezes e entrar em campo descansado.

“Reflete bastante. A nossa equipe sub-23 tem feito um excelente campeonato. Para nós, do time principal, é importante ter um descanso a mais. Esses jogos mais sequenciais desgastam bastante. Alguns jogadores se desgastam mais, outros menos. Tem sido bastante importante para nós e para o Bahia ter essa alternativa que é o sub-23 disputar o Campeonato Baiano", contou o lateral-esquerdo, em entrevista coletiva no CT.

Capixaba também falou sobre suas expectativas para o jogo com portões fechados na Arena das Dunas, contra o América de Natal.

“Nunca tive uma partida com portões fechados. Não sei meus companheiros, mas é um jogo que pode trazer muito marasmo. A gente sempre espera estádio lotado. Para mim, é jogo que pode trazer muito marasmo. E a gente não pode cair nisso. Temos que trabalhar nosso psicológico para buscar o triunfo e conquistar a classificação”, comentou.

Chegada de Rodriguinho ao Bahia

“Importante para o time inteiro. Todos os jogadores são importantes. A chegada do Rodriguinho vai nos ajudar bastante. É o cara que vai arquitetar o jogo. A gente fala que é a cereja do bolo, o cara que vai encaixar bem o passe, no último terço do campo, não só para os laterais, mas para meias e atacantes”.

Evolução do Bahia

“Cara, acho que temos evoluído bastante, jogo a jogo. Estamos com uma confiança muito boa. O último jogo que fizemos não foi o que esperávamos. Esperávamos um grande jogo. Mas tem jogo que é assim, as coisas não vão acontecer, tem que naturalidade para lidar com eles. Nesse jogo as coisas não aconteceram como queríamos. Temos que passar. Mas já foi. Importante foi o triunfo. Vai acontecer mais vezes, então temos que ter tranquilidade para saber lidar com essa situação. E trabalhar para melhorar”.

Calendário de março

“Mês de março para nós é muito importante. Teremos tempo para trabalhar, distância maior entre os jogos, a gente não está acostumado. Estamos acostumados a ter jogos quarta e sábado, quarta e domingo. Muito importante esse tempo, para consertar erros e aprimorar algumas coisas. Será importante para a gente”.

O Bahia volta a campo no sábado (14), contra o América-RN em Natal.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.