é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 07 de agosto de 2019 às 13h45

João Pedro avalia passagem na Europa e valoriza retorno ao Bahia

"Tive a porta aberta aqui ano passado e isso vale muito. Na hora da decisão tem ponto positivo", diz o jogador

Victor de Freitas

2019-08-07-12-59_capajoaopedro2
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Velho conhecido da nação tricolor, João Pedro está pronto para reestrear com a camisa tricolor. Apresentado oficialmente à imprensa nesta quarta-feira (07), o lateral falou sobre sua passagem pelo futebol europeu e destacou os motivos que lhe fizeram retornar ao Esquadrão.

João Pedro volta ao Bahia após um ano de sua saída, quando foi vendido ao Palmeiras para atuar no Porto. Depois de uma temporada no futebol português, o jogador afirma ter escolhido o Bahia por opção pessoal – apesar de ter sido procurado por outras equipes brasileiras.

“Foi bastante conversado comigo e minha família. Tive a porta aberta aqui ano passado e isso vale muito. Na hora da decisão tem ponto positivo. Bahia é um ponto positivo que tenho, por ter me acolhido e aberto a porta para mim. Tenho só a agradecer ao Bahia, ao Diego, presidência”, falou o lateral, que também atua como meia.

O jogador de 22 anos também falou sobre os pontos positivos e as dificuldades que encontrou durante o período em que esteve defendendo a camisa do Porto.

Evolução na Europa

“Evolução minha, tanto taticamente, como fisicamente. O dia a dia também, que você aprende uma cultura diferente, convivi com atletas de outros países também”.

Dificuldades no Porto

“É uma cultura diferente, precisa de adaptação. Clube que exige muitos dos atletas. Não vejo isso de não ter feito alguma coisa. Fui lá fazer meu trabalho”.

Atuar em várias posições

“É como já foi dito. Tenho essa vantagem de fazer mais de uma função. A questão é adaptação e ter confiança para entrar. Eu vou estar à disposição para o que ele achar melhor para mim. Se ele tiver essa percepção de achar que eu posso fazer, vou estar à disposição”.

Bahia x Flamengo

“Foi muito legal e assistir um jogo em casa, toda energia, rever os amigos. Melhor ainda que saímos vencendo. Foi muito bom e fiquei feliz com o resultado. Tem que parabenizar todos eles”.

Trabalho com Roger Machado

“Não cheguei a trabalhar porque quando ele esteve lá eu já tinha saída. Tive contato aqui por telefone pela primeira vez. Pelo pouco que conversei, é uma grande pessoa, um grande profissional. Todas as pessoas que converso sobre ele falam bem. Estou feliz em trabalhar com um treinador desse nível”.

Disponível para jogar

“Estou treinando com o grupo, sabendo como é o trabalho. É decisão do treinador se vou estar à disposição ou não”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.