é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Baiano

Publicada em 30 de março de 2020 às 11h19

Governador mantém liberação de jogos com portões fechados na Bahia

Decreto é válido até o dia 17/04

Victor de Freitas

2019-08-29-15-36_capafontenova2
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Por decreto, o governador Rui Costa (PT) mantém a liberação de jogos de futebol com portões fechados em todo o território baiano até o dia 17 de abril.

O decreto foi assinado pelo governador do estado na última sexta-feira (27) e publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) no sábado (28). Trata-se de uma atualização das primeiras medidas tomadas pelo governo contra o coronavírus.

Confira a parte do decreto que cita jogos de futebol:

“(...) Art. 9º - Ficam suspensos, em todo território do Estado da Bahia, pelo período de 30 (trinta) dias, contados a partir de 17 de março de 2020:

I - os eventos e atividades com a presença de público superior a 50 (cinquenta) pessoas, ainda que previamente autorizados, que envolvem aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos, religiosos, shows, feiras, circos, eventos científicos, passeatas e afins;

II - as atividades letivas, nas unidades de ensino, públicas e particulares, a serem compensadas nos dias reservados para os recessos futuros; III - a abertura e funcionamento de zoológicos, museus, teatros e afins.

Parágrafo único - Os jogos de campeonatos de futebol, profissionais e não profissionais, deverão ocorrer sem a participação de público ou torcida”.

Mesmo com a liberação das partidas de futebol no estado, não há nenhuma previsão de retorno das competições estaduais ou regionais. O Bahia, inclusive, já oficializou o período de férias entre os dias 1º a 20 de abril.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.