é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 23 de abril de 2019 às 11h34

Fernandão cita importância de título pelo Bahia: ‘faltava isso'

Atacante celebra primeira conquista com o Esquadrão e vê disputa com Gilberto como um ponto positivo para o elenco

Victor de Freitas

2019-04-23-11-29_capafernandao18
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Vivendo sua segunda passagem pelo Bahia, o atacante Fernandão levantou sua primeira taça como jogador tricolor no último domingo, no triunfo por 1 a 0 sobre o Bahia de Feira.

Tido por muitos como um ídolo desde sua primeira passagem pelo Esquadrão, em 2013, Fernandão acredita que só com títulos poderá seguir marcando seu nome na história do clube e ganhar a idolatria da torcida.

“A partir de agora, posso estar no caminho de ídolo, faltava isso, um título. Todos me conhecem, sabem que tenho capacidade de ajudar o Bahia. Mas tudo tem que ser coroado com título. Feliz de ter voltado e conquistado o título. Com isso posso estar na história”, falou o atacante, ao GloboEsporte.com.

Após três meses no Bahia, Fernandão vive uma situação diferente da que viveu há seis anos, quando era praticamente o único centroavante do elenco. Hoje, com Gilberto no grupo, ele afirma ver a concorrência por posição como um fator positivo para o time.

“Sim, acho que todo mundo tem que se sentir titular. É importante para o grupo, para o Bahia. Temos que estar com cabeça boa, bem, treinar. Eu e Gilberto temos um entrosamento muito bom, a gente tenta se ajudar da melhor forma. Quem entra, para a equipe é muito bom. Quem entra, faz o gol, para equipe é bom. Que a gente tenha um ano abençoado e faça muitos gols”, avaliou.

Principal característica

Com 1.92 cm de altura, Fernandão é o atacante mais alto do elenco e tem conseguido tirar proveito de sua estatura nas partidas. Até então, quatro de seus sete gols foram marcados em jogadas aéreas.

“Sempre falo que, desde a minha passagem em 2013, que não espere de mim driblar muito, dar caneta. Não é minha característica. Minha característica é estar dentro da área, disputar com os zagueiros. Venho aprimorando cada vez mais essa parte minha. Hoje estou mais lento, e muda um pouco. Então tenho que trabalhar em cima onde vou me sobressair. Tenho trabalhado muito o cabeceio”, completou.

Após ficar no banco de reservas nos dois últimos jogos, Fernandão é esperado como titular na partida de quinta-feira (25), contra o Londrina, pela Copa do Brasil.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.