é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Nordestão

Publicada em 31 de julho de 2020 às 14h07

Desfalques, pendurados, campanha: veja como o Ceará chega para a final

Vozão está invicto após dez jogos no Nordestão, tem desfalques, retorno importante e cinco pendurados

Victor de Freitas

2020-07-28-12-45_bahiaxcearavinicius
Fonte: Divulgação / Ceará SC

O Ceará desbancou o rival Fortaleza, em um clássico válido pela semifinal da Copa do Nordeste, e se garantiu como finalista da competição regional. O adversário é um velho conhecido do Esquadrão, com quem disputou a decisão do torneio em 2015.

Cinco anos depois, os times se reencontram na final do Nordestão vivendo momentos totalmente diferentes. Hoje, o Bahia é o clube referência em gestão e com resultados mais expressivos em campo entre os clubes do Nordeste. O Ceará também cresceu administrativamente e busca alcançar espaço no cenário nacional.

Para a final da edição de 2020 da Copa do Nordeste, o Ceará conta com desfalques de atletas emprestados e jogadores pendurados que podem ficar de fora da partida de volta.

Saiba todos os detalhes sobre o Ceará que vai enfrentar o Bahia na decisão:

  • Desfalque e retorno

O zagueiro Tiago é o desfalque mais sentido pelo Ceará para a partida de ida da final. O jogador está emprestado ao Vozão até o fim de seu contrato com o Bahia e a diretoria cearense não irá pagar a multa.

No entanto, o técnico Guto Ferreira também conta com um retorno fundamental para seu time titular. O titular Luiz Otávio havia sido desfalque na semifinal e volta ao time titular para a decisão. Ele formará dupla com Klaus.

Quem também fica fora é Rogério. Porém, o atacante também emprestado pelo Bahia até o fim de contrato nem sequer viajou para jogar o Nordestão, por opção técnica.

  • Pendurados

O Ceará chega para a final com cinco jogadores pendurados em seu elenco.

Sendo assim, quem tomar cartão amarelo na partida de ida ficará fora da volta. São eles: Eduardo Brock, Luiz Otávio, Charles, Leandro Carvalho e Rafael Sóbis.

  • Guto Ferreira e outros ex-tricolores no elenco

Técnico do Bahia entre 2016 e 2017, além de uma segunda passagem em 2018, Guto Ferreira obteve conquistas importantes à frente do Esquadrão.

No Tricolor, o treinador ajudou o Bahia a subir para a primeira divisão e conquistou dois títulos: o Baiano de 2018 e a Copa do Nordeste de 2017.

O grupo que vai para a final também conta com o lateral-direito Eduardo, o meia Vinícius e o atacante Rodrigão. Todos eles vestiram a camisa do Esquadrão recentemente.

  • Campanha do Ceará

O Vozão chega à final do Nordestão invicto, assim como em 2015.

Em dez jogos disputados na competição regional, a equipe alvinegra conquistou cinco triunfos e empatou cinco vezes.

Na fase de classificação, o Ceará conquistou 14 pontos – três a menos do que o Bahia – e ficou na segunda posição de seu grupo. Foram três triunfos e cinco empates.

Nas fases eliminatórias, o grupo comandado por Guto derrotou o Vitória por 1 a 0, com gol de pênalti de Vinícius, e venceu o Fortaleza, também por 1 a 0, na semifinal.

  • Ceará tem o artilheiro da copa

Com cinco gols marcados na competição, o meia Vinícius é o artilheiro isolado da Copa do Nordeste.

O segundo colocado na lista de goleadores é Gilberto, que tem quatro gols e que é dúvida até para a partida de volta.

  • Time titular do Ceará

Fernando Prass; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Klaus e Bruno Pacheco; Charles, Willian Oliveira, Vinícius e Fernando Sobral; Cléber (Rafael Sóbis) e Rick.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.