é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 16 de novembro de 2019 às 11h30

Bellintani será julgado pelo STJD por críticas à arbitragem de vídeo

Presidente tricolor criticou a arbitragem de vídeo após gol anulado do Bahia contra o Santos, na Vila Belmiro

Victor de Freitas

2019-02-07-00-41_capabellintani22
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acatou uma denúncia contra o presidente tricolor, Guilherme Bellintani, por críticas contra a arbitragem de vídeo na partida diante do Santos, no dia 31 de outubro.

Bellintani será julgado na próxima quinta-feira (21), com base no artigo 258, que trata de “desrespeito aos membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões”.

Caso punido, o presidente tricolor poderá ficar de 15 a 180 duas longe dos jogos do Bahia, tanto na Fonte Nova, como em outros estádios.

Na ocasião, Bellintani fez duras críticas à arbitragem brasileira, sobretudo aos árbitros escalados para a cabine do VAR, após a anulação de um gol marcado por Juninho, que daria o empate ao Esquadrão na Vila Belmiro.

“Ficam uns merdinhas na p*** da cabine do VAR decidindo que horas a bola sai do pé do atacante para ver se marca impedimento ou não. Ali ele decide se vai botar um milímetro na frente ou não. Veja o lance que o VAR usou para marcar impedimento. A bola tinha saído do pé de Marco Antônio. Uns merdas vêm decidir quem ganha o jogo. A CBF vai ter que responder, porque, na hora de pedir apoio do Bahia, pede. Numa hora dessa, faz um escândalo desse. Qualquer um que entra no campeonato para abalar o sistema, a CBF faz isso. Esses merdas têm que provar que a bola, quando saiu do pé e a hora que paralisou a merda da jogada. Vão ficar jogando videogame e determinando quem ganha e quem não ganha. É só olhar a hora em que a bola sai do pé de Marco Antônio. Não tem mais mesma linha. Não existe mais. Acabou. Coloca quem vai ganhar, bota videogame para manipular o VAR e suspende o campeonato”, falou o presidente.

Não é primeiro caso de denúncia contra presidente de clube neste Brasileirão. O mandatário santista, José Carlos Peres, foi enquadrado no mesmo artigo de Bellintani e punido por 15 dias.

O presidente santista havia “sugerido” que a arbitragem brasileira tem favorecido o Flamengo ao longo da Série A.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.