é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Marketing

Publicada em 02 de julho de 2020 às 10h18

Bellintani cita FlaTV e propõe inovações para o futebol brasileiro

Presidente cobra inovações para os clubes brasileiros, com uniformes próprios e canais de streaming

Victor de Freitas

2020-06-20-13-39_capabellintani31
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Nessa última quarta-feira (1º), o Flamengo transmitiu mais um jogo através de seu canal no Youtube, chamado de FlaTV. Mais de 2 milhões de pessoas assistiram a “live” que terminou em triunfo flamenguista no campo. E, para o presidente tricolor, Guilherme Bellintani, também se trata de uma conquista do futebol brasileiro.

Após a partida vencida pela equipe carioca, Bellintani voltou a publicar sua opinião positiva quanto a inovações no futebol, que façam com que clubes brasileiros consigam gerar renda própria, sem depender das grandes empresas, como emissoras de TV e fornecedoras de material esportivo.

Sobre a transmissão do Flamengo no Youtube, Bellintani afirmou que o número de espectadores ainda foi baixo em relação ao que pode ser conquistado com um trabalho focado no streaming.

"Flamengo X Boa Vista pela FLATV. Dois milhões assistindo não é surpreendente. Algumas lives de cantores famosos já chegaram nesse patamar, Tv Aberta ainda tem muito mais audiência. O principal não é saber quantos estão assistindo hoje, é ver que há caminhos para um novo modelo”.

Para Bellintani, está declarado o fim da preguiça no futebol brasileiro e que a hora é de inovar ou ficará para trás.

"Outro ponto importante. Está enterrada a fase da preguiça no futebol brasileiro. Sejamos inovadores, audaciosos, trabalhadores. De marca própria de uniformes a canais próprios de streaming. Os clubes brasileiros que ficarem sentados em breve estarão deitados".

Mas, o presidente também entende que o trabalho não é só de colocar em prática um serviço diferenciado, como uma transmissão online, mas conseguir monetizar o serviço.

"Entre os principais desafios está o da monetização. Quanto os patrocinadores vão pagar por esse tipo de produto? Será uma nova Tv Aberta ou um novo Pay-per-view? Ou uma mistura dos dois modelos, tipo um Pay-per-view bem barato com ganho de escala?".

É o que o Bahia já busca fazer com o Sócio Digital, que será lançado nas próximas semanas.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.