é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 20 de maio de 2020 às 10h56

Bahia vê Europa como possível alvo para vendas

Diretoria não esconde necessidade de vender jogadores nesse ano

Victor de Freitas

2020-01-08-11-09_capadiretoria11
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Assim como os demais clubes brasileiros, o Bahia passa pela instabilidade financeira causada pela pandemia de coronavírus. Com isso, a projeção de receitas para a temporada foi reduzida e a necessidade de vender jogadores aumentou.

Em entrevistas recentes, o presidente Guilherme Bellintani e o diretor Diego Cerri não escondem que o clube precisará ir ao mercado para concretizar vendas de jogadores durante a metade desse ano.

Mesmo com o mercado em baixa por causa da pandemia, a diretoria tricolor acredita que o mercado europeu pode ser o alvo do clube para possíveis vendas entre os meses de julho e agosto.

É o que foi falado pelo presidente Guilherme Bellintani. Segundo o mandatário tricolor, já há conversas com equipes de fora do país, mas, por enquanto, não há ofertas na mesa.

"Precisamos vender. Não tem jeito", diz o presidente do Esquadrão.

“É possível, mas não é fácil (fazer uma grande venda no cenário atual). O que vai ajudar muito é a volta dos campeonatos europeus. A gente já tem o campeonato alemão, o suíço também volta na próxima semana, a liga espanhola está marcada para retomada já. A gente tem assim um início de retorno dos campeonatos europeus, o que vai fazer com que a janela entre julho e agosto comece a se movimentar. Naturalmente, a gente sabe que é um movimento difícil para venda. Mas a gente tem ativos, tem jogadores muito interessantes. O Bahia fez desde o ano passado até o início desse ano investimentos fortes em atletas. A gente é um dos clubes da Série A que mais têm contratos definitivos com atletas. Então, em um momento como esse, sem muitos jogadores emprestados, é um diferencial de mercado”, falou Bellintani.

“Não, confirmo que não há (propostas concretas). Há conversas, mas isso tem sempre. A gente vai comunicar quando tiver alguma coisa bem firme”, concluiu.

Assista à entrevista na qual Bellintani fala sobre possíveis vendas para a Europa (a partir de 20:40)

 

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.