é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | História

Publicada em 20 de novembro de 2019 às 15h47

Bahia lança campanha e oficinas para debater o racismo

Clube disponibiliza oficinas internas e externas para debater e combater o preconceito racial institucional e estrutural

Victor de Freitas

2019-11-20-15-41_dedonaferida
Fonte: Divulgação / EC Bahia

Nesta quarta-feira (20), dia da Consciência Negra, o Bahia lançou uma campanha chamada de “Dedo na Ferida”, com o objetivo de abrir os olhos do público, debater e combater o racismo.

Em um vídeo divulgado em suas redes sociais, o Bahia explica o racismo institucional e estrutural, além de apontar como a sociedade, mesmo que de maneira inconsciente, age e reproduz ações que colocam negros em situações de inferioridade.

Junto com o vídeo, o Tricolor também promoveu o lançamento de um site, com material sobre o combate contra o preconceito racial e a divulgação de oficinas e cursos internos e oficinas externas para outras 50 empresas que se inscreverem.

As oficinas serão ministradas pelo Prof. Edson Cardoso – Doutor em Educação (USP); Mestre em Comunicação (UnB); Assessor Especial da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (2011-2014).

Entenda mais sobre as oficinas e saiba como inscrever sua empresa

O que propõe a campanha Dedo na Ferida?

Propor o debate, questionar como funcionam as instituições afetadas pelo racismo estrutural e institucional e assumir a responsabilidade com a transformação de um sistema injusto e desigual é um compromisso do Esquadrão neste Novembro Negro.

Para isso, o projeto propõe oficinas internas no Bahia e oficinas externas em empresas e instituições interessadas em discutir o tema.

Acreditamos que o acesso à informação e a consciência sobre as relações étnico-racionais na organização das instituições são meios de compreender, reconhecer e lutar contra o racismo institucional”, explica o clube, através do site da campanha.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.