é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Baiano

Publicada em 30 de julho de 2020 às 19h23

Bahia faz 2 a 0 e abre vantagem na semifinal do Baianão

Esquadrão vence o Jacuipense fora de casa e se coloca em boa situação para garantir a vaga na final estadual

Victor de Freitas

2020-07-30-19-05_capajacuipensexbahiasemifinal
Fonte: Rafael Machaddo / EC Bahia

O Bahia saiu na frente na semifinal do Campeonato Baiano, ao derrotar o Jacuipense por 2 a 0, em partida disputada nessa quinta-feira (30).

Com o resultado conquistado fora de casa, o Esquadrão fica em boa situação para garantir a vaga na final do Estadual sem correr perigo na partida de volta.

O segundo duelo entre Bahia e Jacuipense acontecerá no domingo, às 16h, em Pituaçu.

O JOGO

Atuando no estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, o Bahia foi a campo com a mesma base da equipe que vem atuando no Baianão.

A única mudança no time titular, no entanto, foi justamente o motivo que fez o Esquadrão mudar sua característica de jogo e encontrar dificuldades para armar jogadas no primeiro tempo.

Com a saída de Alesson e a entrada de Ronaldo, o meio-campo foi preenchido com três volantes e uma parte importante do jogo veloz do setor ofensivo tricolor foi tirado.

A primeira grande oportunidade de gol aconteceu aos 25 minutos. Em pressão pela zona central do campo, Ronaldo avançou e passou para Daniel. O meia chutou e parou na defesa do goleiro adversário. No rebote, Marco Antônio também teve sua finalização defendida.

MARCO ANTÔNIO ABRE O PLACAR

O único gol da primeira etapa foi marcado aos 36 minutos. Quando o Esquadrão já sofria com a marcação adversária, Marco Antônio contou com a sorte para abrir o placar. O meia tentou passe e viu a bola desviar na defesa e sobrar para ele mesmo finalizar forte e colocar o Esquadrão na frente.

SEGUNDO TEMPO

No início da segunda etapa, o panorama seguiu semelhante ao do primeiro tempo. Com um meio-campo de pouca criatividade, o Tricolor não conseguia ser agressivo do campo ofensivo.

Por outro lado, o goleiro Mateus Claus foi levou o primeiro susto do segundo tempo, ao executar uma grande defesa em chute de Thiaguinho, evitando o gol do Jacuipense.

Aos 16 minutos, Roger tirou um dos três volantes e voltou ao esquema tático habitual, com velocidade pelos dois flancos. Saiu Ronaldo e entrou Alesson.

SEGUNDO GOL

E não demorou para a substituição surtir efeito. Em um contra-ataque rápido, Alesson recebeu passe na ponta direita, avançou em velocidade até a grande área e chutou na saída do goleiro adversário, ampliando o placar para o Esquadrão.

Apesar do gol do Esquadrão, o Jacuipense seguiu atacando e voltou a dar trabalho a Claus aos 24 minutos. Raniele driblou a defesa tricolor e chutou forte, mas parou em mais uma bela defesa do arqueiro tricolor.

Lançando-se ao ataque em busca do gol a qualquer custo, o time de Riachão levou perigo também em finalizações de Rafael Bastos e Popó, levando perigo ao gol tricolor.

Na reta final, Claus se manteve como um dos destaques do Bahia em campo e continuava evitando o gol adversário.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.