é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | História

Publicada em 19 de fevereiro de 2019 às 13h31

Bahia apresenta projeto de museu na Arena Fonte Nova

Museu do Bahia será aberto em dezembro

Victor de Freitas

2019-02-19-13-23_capamuseudobahia1
Fonte: Divulgação / EC Bahia

No dia em que se comemora os 30 anos do bicampeonato brasileiro, o a diretoria tricolor apresentou mais uma conquista para a nação e para os campeões de 88: o projeto do Museu do Bahia, na Arena Fonte Nova.

O anúncio do projeto foi feito durante a manhã desta terça-feira (19) e contou com a presença de campeões de 88. O museu contará com mais de mil peças e será localizado em um dos lugares mais privilegiados da Fonte Nova, a “ferradura”, com vista para o estádio e para o Dique.

“O museu será aqui. São 1.200 m² de área de exposição, em toda essa ferradura. Parte dela abrigará a exposição permanente e outra parte exposições temporárias. São mais de mil itens históricos do clube. Por que a gente está de frente para o estádio e de costas para o Dique, esse ponto turístico? Porque a gente aposta que esse museu se torne cada vez mais um ponto turístico daqueles que visitam nossa cidade, falou Bellintani.

A conquista de museu inteiramente tricolor foi celebrada pelo presidente Guilherme Bellintani, que destacou a importância de expressar as conquistas tricolores, não só para os torcedores do Esquadrão, mas para qualquer visitante da Fonte Nova.

"Hoje é um marco histórico de reconhecimento da nossa história, da nossa biografia, de tudo o que o Bahia fez ao longo de toda a sua existência. O museu vai além de ser um museu para o torcedor do Bahia. É um museu sobre a Bahia, sobre o clube, a Bahia do século 20, a musicalidade, a fé, a religiosidade. Toda a história desse clube que veio desde 1931 participando ativamente da construção da história do nosso povo. Isso vai ser retratado pelo nosso museu. Vai além do futebol e do clube"

Apesar de o projeto ter sido apresentado já em fevereiro, as obras estão marcadas para terem início no mês de agosto, após a Copa América.

Por meio de doações feitas por torcedores, o Bahia já arrecadou cerca de R$ 40 mil para o museu.

"A participação é sempre fundamental. A razão de ser do Bahia é a sua torcida. A gente precisa muito da ajuda da torcida para consolidar os projetos. Chegamos a R$ 40 mil com as arrecadações. E acredito que ainda possa subir quando o torcedor visualizar aquilo que está por vir", explicou o vice-presidente Vitor Ferraz.

A abertura do museu está prevista para dezembro.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.