é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 22 de maio de 2020 às 15h12

Anderson espera dificuldades com entrosamento na volta dos jogos

Goleiro diz que preparadores do clube estão ajudando os jogadores com a forma física, mas o ritmo de jogo se torna problema

Victor de Freitas

2020-02-19-21-51_capaanderson29
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Os jogadores do Bahia estão recebendo acompanhamento à distância durante o período de treinamentos em casa na quarentena. Mas, apesar de manter a forma física com as atividades, a queda no ritmo de jogo é o principal fator de preocupação.

“Não vai mudar nada não (a questão física). O que pode prejudicar é ritmo de treino. A gente não está treinando igual. Eles passam trabalhos para a gente de força, potência. O negócio é a bola, né? Não estou tendo contato com bola”, diz o goleiro.

Um dos jogadores mais experientes do elenco do Bahia, o goleiro Anderson vinha atuando como titular durante o período pré-pandemia e vive a expectativa de voltar à equipe quando as competições retornarem.

Porém, o goleiro afirma entender a necessidade de ter cautela durante para voltar aos trabalhos e cita o entrosamento como o fator que causará maior dificuldade devido ao longo período sem treinar em campo.

“Imagino que vai ser muito trabalho, muito jogo. Com cautela, né? Acho que não vai te ter torcida por algum tempo, mas a gente vai ser importantíssimo para o pessoal que está em casa, para ter o que ver, ter o que assistir, porque a gente está passando por essa pandemia, mas vai passar, tudo com cautela, cuidado, respeito ao próximo. O que vai sentir também é o entrosamento. Faz 76 dias que a gente não treina junto. Isso é complicado”, diz o goleiro.

Ciclista durante a pandemia

“Eles (preparadores do Bahia) passam segmento de treinamento do clube, do treinador de goleiros, Rogério. A gente faz. Fora da rotina, virei ciclista agora. Tenho uma bike aqui, ando segunda, quarta e sexta”.

Anderson atuou em sete dos dez jogos do time principal do Bahia em 2020. Ele participou de todos os triunfos da equipe e não sofreu nenhuma derrota, com apenas três gols sofridos até então.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.