é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Publicada em 18/07/2020 às 17h28

Uma nova era

Em breve, o Esporte Clube Bahia retornará aos gramados de maneira oficial. É um momento de muitas mudanças no futebol mundial. A pandemia impôs um tom de maior sobriedade financeira no mundo da bola. Os salários exorbitantes e as quantias astronômicas que, outrora, costumávamos ver com incredulidade, passarão a dar lugar para algo mais razoável. Estamos vendo gigantes absolutos - de nível mundial - com enormes dificuldades financeiras para cumprir com suas obrigações. Dentro desse contexto inédito, veremos grandes mudanças. 

Na Espanha, por exemplo, vemos o Real Madrid - atual campeão espanhol - e maior clube do mundo, falando em redução salarial. Vejam, estamos falando de um gigante com quase 1 bilhão de euros em receitas por ano e com a mais moderna gestão financeira possível. No período sem jogos, o clube emitiu nota aos sócios, afirmando que teria condições de continuar com todas as contas em dia por até seis meses, o que demonstra o poderio e a organização do clube. Para todos os efeitos, o presidente, Florentino Pérez, já avisou que não fará contratações estelares nessa temporada, o que, para eles, é algo extremamente raro. Para completar, o clube continua com as obras em seu estádio, o Santiago Bernabéu, seguindo ao máximo vapor. Valor da obra? Quase 600 milhões de euros.

O Barcelona, por sua vez, serve como exemplo antagônico, uma vez que se encontra sob uma péssima gestão. O clube está com mais de 70% de suas receitas comprometidas apenas com os salários do time principal de futebol. Uma irresponsabilidade tão grande que os sócios estão tentando forçar o presidente, Josep Maria Bartomeu, a convocar eleições imediatamente. O clube espanhol não aguentaria mais um único mês sem jogos e respirou aliviado com o retorno do futebol na Europa. Tudo isso serve para reforçar que, em tempos como os que estamos vivendo, a criatividade, gestão responsável e a atenção aos detalhes serão fundamentais para o êxito dentro e fora das quatro linhas. Os clubes precisarão se reinventar.

Seguindo este raciocínio, temos o nosso amado esquadrão de aço saindo na frente. O presidente, Guilherme Bellintani, vem dando aula de inovação e gestão, abrindo campo para a construção de um clube moderno e economicamente saudável. O mais novo exemplo disso é o projeto intitulado de "Sócio Digital", onde o Bahia buscará mais uma fonte de receitas. Além disso, há toda essa revolução ocorrendo nas áreas que abrangem os direitos de transmissão de jogos e, com toda certeza, o mandatário máximo do clube está atento.

Para finalizar, o momento exige isso: exercitar ao máximo a criatividade e contornar as dificuldades em que esse novo contexto mundial nos colocou. Isso serve para o todos nós. Desejo paciência, paz e muita saúde para todos. Saudações tricolores!

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.