é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Djalma Gomes
Publicada em 23/04/2019 às 18h17

Terceira Força

Acontecem momentos no futebol que o melhor a ser feito é relaxar e aguardar porque depois tudo acaba em “Nino Paraíba nós gostamos de você!”, e assim como na vida, segue o jogo porque futebol na paixão do torcedor pelo seu time é uma verdadeira gangorra cheia de emoções e adrenalina. Amor vira “ódio” em segundos e depois o “ódio” vira paixão. Tudo é muito louco e muito rápido. Nada melhor que um título para sacramentar as pazes.

Estava meio complicado a relação da torcida com Nino Paraíba, mas desde o jogo Bahia x Londrina as coisas se apaziguram e o “Nino Paraíba nós gostamos de você” foi a senha da paz numa prova inconteste de que o torcedor cobra de quem pode pagar. Assim, e com a retomada da hegemonia no futebol baiano com mais um título de Campeão todos estão na mesma oca fumando harmoniosamente o caximbo da paz.

Nino chegou ao Bahia nem só pelo bom jogador que sabemos ser ele, mas sobretudo pela excelente fase que atravessava na Ponte Preta. Ninguém desaprende o que sabe. É fato que nos últimos meses ele não curtia um bom momento com a bola, mas daí a vair estridentemente o jogador como estava sendo feito, vai uma diferença enorme...

Entre esses “tapas e beijos” chegou o quadragésimo oitavo títuloi para a galeria de troféus do Tricolor de Aço... É a rotina do Bahia, clube predestinado para vencer e talhado para ser campeão. Agora tudo é festa, mas a meta é o quinquagésimo titulo baiano em dois anos e isto torna os próximos dois campeonatos domésticos altamente motivados e a torcida feliz com essa  real possibilidade – e que venham as cantoras.

A bem da verdade o campeonato baiano deu uma guinada neste ano e clubes como Bahia de Feira, Vitória da Conquista, Fluminense, Atlético de Alagoinhas e Juazeirense mostraram que podem crescer muito mais em médio prazo  e competir de igual para igual com os dois maiores clubes do Estado, especialmente, o Bahia de Feira que tem estádio próprio, administração com visão empresarial e planejamento muito bem feito para fazer campanhas ótimas e quebrar a hegemonia da dupla Bavi nas decisões, como já aconteceu neste ano.

Enquanto isso o Bahia já se prepara para ir ao Paraná buscar de forma confortável, digamos assim, a classificação que lhe renderá quase 3 milhões. É isso, quando o trabalho é serio o alvo é atingido com precisão e pouco há para se temer no futuro porque todos os caminhos levam o clube para conquistas bem maiores.

DADO CAVALCANTI

Foi um jogo de dados muito bem jogado porque Dado é um profissional no mesmo patamar de Enderson, Guto Ferreira, Barbieri e outros nesse nível. Veio para o lugar e clube certos. Isto demonstra o comprometimento do E.C. Bahia com o futuro. De agora em diante o time B será um celeiro muito importante na preparação de jogadores para o time principal. Aguarde!

ROGER MACHADO

Dará ao Bahia  muita movimentação com posse de bola inteligente e produtiva. Vai fazer com que o time aprenda a jogar dentro e fora de casa num diapasão com pouca diferença nos tons. Em minha opinião Roger é, dentre os acertos de Bellintani, o melhor deste ano.

A.D. BAHIA DE FEIRA.

Parabéns para seu Presidente que deu uma estrutura magnífica à ADBF. Parabéns e honras merecidas ao bravo Quintino Barbosa, maestro de uma orquestra digna da honra concedida à platéia gigantesca numa tarde de gala, cujo palco foi a Fonte Nova. Que futebol técnico, leal e bonito jogou o Bahia de Barbosinha & cia Ltda. Parabéns aos jogadores que valorizaram o espetáculo e o título do E.C. Bahia. Há muito tempo não acontecia uma decisão tão igual. Hoje não há mais dúvida alguma; a A.D. Bahia de Feira é de fato e de direito a terceira força do futebol da Bahia.

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.