é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 23/05/2019 às 13h08

Minha Análise - São Paulo 0x1 Bahia

Meus Amigos,

Numa quarta-feira extremamente tensa, com uma atuação excelente do time tricolor, o Bahia venceu o São Paulo por 1x0, em partida válida pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

A equipe de Roger Machado novamente atuou de forma bastante compactada, com bom posicionamento defensivo, atuando num 451, com Elton, Gregore e Douglas Augusto centralizados, com Elber e Artur pelos lados e com apenas Fernandão na frente.

Diferente de domingo, onde a equipe tinha as linhas mais altas de marcação, o Bahia neste confronto recuou bastante sua linha média, praticamente atuando com 10 jogadores na intermediária defensiva e deixando somente Fernandão para o sacrifício do primeiro combate. Com isso, o Esquadrão passou a praticamente inviabilizar qualquer tentativa do São Paulo na construção das jogadas. Este então passou a arriscar chutes de longe, que pararam no goleiro Douglas, com excelente atuação.

Apesar desse recuo defensivo, o Bahia não se furtou a atacar esporadicamente. Um belo chute de Douglas Augusto mostrou que o jogo não seria só ataque contra defesa. A melhor chance do time paulista aconteceu numa bela jogada de Léo, que cruzou na cabeça de Toró. O bom avançado são-paulino subiu entre os 2 zagueiros e cabeceou forte. Douglas fez uma linda defesa. Pelo lado do Bahia, Fernandão tentou novamente uma bicicleta, mas não foi feliz. Fim da primeira parte de um 0x0 muito interessante taticamente do Bahia.

No segundo tempo, o time paulista tentou mais o gol. Apesar do tradicional “abafa” dos 15 minutos iniciais não terem tido sucesso, inclusive pelas boas chegadas do Bahia, foi num chute de Pato que o torcedor tricolor sentiu calafrios. O camisa 7 ganhou na dividida e acertou um belíssimo chute, que passou tirando tinta do gol de Douglas.

Quando o São Paulo achou que ia começar a encurralar o Bahia, veio o único gol do confronto. Num erro de passes do time paulista, Rogério, que tinha entrado no lugar do extenuado Fernandão, recebeu passe de Élber, arrancou, cortou o zagueiro e quando ia chutar foi travado pela defesa. A bola sobrou para Élber que dominou e bateu com maestria. 1X0 Bahia.

O time paulista sentiu o golpe. Tanto que logo depois Artur quase marca o segundo, em bom cruzamento de Rogério. O São Paulo ainda assustou com Pato em 2 oportunidades, mas parou na trave e na lindíssima defesa do goleiro Douglas. E no fim quase Rogério marca o segundo gol em novo contra-ataque, tentando chutar rasteiro, por entre as pernas do goleiro, mas o arqueiro do time do Morumbi fechou bem as pernas. Fim de jogo, 1x0 e a classificação mais próxima.

Douglas – Fez uma partida brilhante. Seguro, comandou a defesa e salvou o time do Bahia quando foi acionado.
Nino – Atuação muito segura defensivamente, até fora do seu padrão de jogo. Fez um jogo tático muito bom. E quase marcou um golaço por cobertura.
Ernando – Foi seguro novamente, com bons cortes pelo alto. Atuação excelente.
LF – Foi bem novamente. Seguro, não fez faltas desnecessárias. Só precisa parar com essa mania de dar passes complicados. Num desses “passes” quase saiu o gol de empate do São Paulo.
Moisés – Muito seguro, atuou muito bem. Atuação bastante convincente.
Gregore – O melhor em campo. Anulou a criação são-paulina. Um monstro. Novamente
Douglas Augusto – Atuou de forma correta, auxiliando Moisés e chegando a frente quando era necessário. Fez um bom jogo. Merecia o gol no belo chute.
Elton – Uma boa partida. Mais centralizado, foi o equilíbrio do time para sair com a bola.
Artur – Fez um jogo excelente, de movimentação e entrega. Colaborou muito na marcação e ainda teve fôlego para chegar ao ataque. Uma partida taticamente perfeita.
Élber – Atuação muito boa. Roubou muitas bolas, marcou bastante e atacou com muita velocidade. Fez um gol muito importante. Previsto pelo seu filho, conforme divulgado pelo Bahia nas redes sociais.
Fernandão – Foi bastante sacrificado pela forma de jogar. Apesar disso, lutou bastante e quase faz um golaço de bicicleta.
Rogério – Entrou e deu velocidade ao time. Manteve a marcação da saída de bola dos zagueiros e ainda participou de três lances importantes, um deles o gol. Vai ajudar bastante.

Flávio – Entrou e colaborou com a marcação.

Clayton – Entrou e ajudou a manter o time do São Paulo preocupado com os contra-ataques do Bahia

Roger Machado – Anulou o adversário. Fez a leitura perfeita do jogo novamente. Mostrou ser um treinador de repertório e fez esse analista ter esperança em voos mais altos. BBMP

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.