é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 03/06/2019 às 16h04

Minha Análise - Bahia 1 x 0 Grêmio

Meus Amigos,

 

Num sábado de muita desorganização fora de campo, com o Pituaço com 26mil pagantes, o Bahia foi extremamente eficiente e bateu o Grêmio pela 7ª rodada do Brasileirão/19.

 

Antes de falar do jogo, gostaria de destacar a desorganização que ocorreu no estádio de Pituaço. Desde o início, com o metrô e ambulantes, passando pelo acesso ao estádio, compra de bebidas e comidas, local para sentar, posição dos caixas nos corredores causando enormes congestionamentos de pessoas, até a volta para casa, com uma fila de 45 minutos para acessar a estação de metrô, além de um trânsito caótico que impediu a utilização de uber e táxi com facilidade, assistir o confronto foi algo bastante desagradável. O Bahia, A CCR Metrô, a Transalvador e a Prefeitura precisam criar um esquema especial para jogos do Bahia no charmoso estádio, a fim de minimizar o desconforto.

 

Voltando ao jogo, o que vimos foi um time novamente compactado, com boa atuação dos volantes e pontas, dando bastante sustentação à defesa. Entretanto, diferente dos outros jogos, o Bahia não conseguiu encaixar contra-ataques, pois o Grêmio jogou de forma bastante semelhante, “esperando” o Bahia atacar.  Além disso, os volantes de construção, Elton e Douglas Augusto, pouco se aproximaram de Fernandão, obrigando o Bahia praticamente a tentar todas as jogadas pelos lados, sem sucesso.

 

Assim, o primeiro tempo foi se arrastando e só não foi pior, pois o ótimo goleiro Douglas, salvou o Bahia num lance cara a cara com o atacante gremista. 0x0 e a necessidade de mudança ofensiva do Esquadrão.

 

A mudança ofensiva aconteceu, mesmo sem ter alteração de peças. Douglas Augusto passou a chegar mais na área, se transformando quase que num meia ofensivo, com a bola. Isso foi permitindo ao Bahia ter mais variações de jogada, com a defesa do Grêmio sendo recuada de forma forçada. O Bahia passou a chutar mais em gol, minar a defesa gaúcha. E num desses lances, Artur tentou cruzar e Geromel tocou com a mão na bola. Pênalti claro. Na cobrança, Fernandão bateu forte, no canto. 1x0.

 

Com o resultado adverso, o time de Renato Gaúcho precisou sair mais para buscar o empate. E isso permitiu ao Bahia ter mais espaço para atacar. Boas jogadas de Douglas Augusto, Ramires e Arthur Caíke quase ampliaram o placar. Além disso, Nino ia fazer um golaço, caso não fosse o goleiro gremista.

 

Do lado adversário, a única bola de perigo foi um chute que Gregore tirou na linha do gol. No fim, o que ficou foi a sensação de força coletiva e mental da equipe para bater mais um adversário. 1x0 e sexto lugar na classificação.

 

Douglas – Mais uma vez foi importante quando necessário. Saída espetacular para impedir o gol do Grêmio.

Nino – Um grande jogo. Fez um lindo lance que o merecia ter sido gol. Mais uma partida muito intensa.

Ernando – Partida muito segura, com atuação bastante convincente.

Lucas Fonseca – Atuação muito segura, com bom controle da bola e da defesa.

Moisés – Marcou bastante, subindo menos ao ataque. Mesmo assim, foi muito seguro.

Gregore – Fundamental na parte defensiva. Como sempre, um monstro.

Elton – Jogou de forma muito tática, cobrindo as subidas de Nino. Poderia ter chegado mais na área, principalmente nos lances de cruzamento.

Douglas Augusto – Mais discreto no primeiro tempo, saiu mais para o ataque no segundo tempo, fazendo muitas vezes a função pelo lado, para Artur ou Elber irem por dentro. Está chutando bem, uma hora vai marcar.

Élber – Atuação muito interessante, visto que não se limitou a jogar aberto pela ponta. Fez um jogo muito consistente.

Artur - Novamente um dos destaques. Endiabrado, deu canseira em toda a defesa gaúcha.

Fernandão – Diferente das outras partidas, conseguiu prender mais a bola neste confronto. Fez algumas tabelas, mas sentiu falta de mais parceiros para jogar por dentro, principalmente no primeiro tempo. Foi muito feliz na cobrança de pênalti. Merecia demais o gol.

Flávio – Entrou e soube fechar os espaços.

Ramires - Entrou bem, criando chances. Acertou um belo chute, para linda defesa do goleiro. Poderia ter tocado a bola para Artur Caíke em outro lance, mas preferiu chutar.

Arthur Caíke – Aos poucos, vai entrando e mostrando qualidade. Criou uma boa jogada, mas o chute saiu. A parada da copa irá ajudar na preparação física.  

Roger Machado - Fez uma boa leitura do Grêmio e também dos erros do Bahia no primeiro tempo. Mostrou conhecimento ao trazer um time mais ofensivo no segundo tempo, sem precisar mexer nas peças.

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.