é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 27/09/2020 às 11h48

Minha Análise - Athlético/PR 1x0 Bahia - BR2020

Meus Amigos,

Após 10 dias da última partida, o Bahia de Mano Menezes voltou a campo pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro e foi novamente derrotado, desta vez para o Athlético/PR por 1x0 na Arena da Baixada.

Mano Menezes levou a campo um time num 442, com o retorno de Juninho no lugar de Wanderson, Edson na lateral direita e o meio campo com Ramires, Ronaldo, Gregore e Élber. Ofensivamente o Bahia foi praticamente nulo, visto que Elber e Ramires, abertos nas pontas, não conseguiram encontrar nos jogadores próximos um apoio para a construção das jogadas. Edson e Capixaba foram muito mal ofensivamente e Gregore e Ronaldo praticamente não passaram do meio campo. Assim, Rodriguinho e Gilberto ficaram isolados, sofrendo com bolas longas e sem levar qualquer perigo ao gol adversário. E Gilberto novamente sentiu o joelho e foi substituido, o que só amplia a péssima fase do camisa 9. Gilberto, como se diz popularmente, está "carregado". Precisa urgente de uma "limpa espiritual" para voltar a brilhar.

A sorte do Bahia é que esse Furacão é um dos piores que eu já vi. Um time limitadíssimo que não levou perigo algum ao Bahia durante todo o jogo. Se o Bahia tivesse mais qualidade para construir jogadas, teria ganho o jogo tranquilamente. Tanto que as chances que teve no 1º tempo foram em falhas do Bahia. Uma furada ridícula de Edson permitiu que a bola chegasse ao atleta rubro-negro em condições de marcar e Douglas fez boa defesa. Depois, Ronaldo tentou cortar e quase fez contra, com Douglas fazendo novamente uma boa intervenção. Fim da primeira parte e 0-0.

No retorno, Clayson voltou no lugar de Élber, que sentiu um incômodo na coxa. E até parecia que ele ia fazer uma boa partida, pois foi o responsável pelos 2 primeiros chutes a gol do Bahia. Saldanha até se movimentou, conseguiu ganhar algumas bolas na frente, mas errou muito nos passes. Um deles para Rodriguinho foi dantesco.

Mesmo com todos os pontos negativos do ataque tricolor, a defesa tricolor não comprometia. O time paranaense errou muito no último passe e não incomodava a defesa. Até o gol. Um cruzamento da intermediária, que Ramires demorou a chegar, e Juninho perdido no meio da área, permitiu uma cabeçada na marca do pênalti sem chances para Douglas. 1-0.

O time de Mano Menezes, após as entradas de Marco Antônio e Rossi, passou a incomodar mais a defesa adversária. Em boa jogada de Marco Antônio, Rossi sofreu pênalti. Na cobrança, Clayson bateu mal, repetindo a cobrança contra o Inter e Santos defendeu. Além disso, Ernando teve uma chance, mas chutou por cima e Marco Antônio bateu uma bola que seria o empate, mas a bola desviou. Mesmo assim, muito pouco para um time que precisa pontuar. Mano Menezes terá muito trabalho e mudanças drásticas já para quarta-feira são urgentes. Juninho, Capixaba, Gregore e Gilberto precisam sair do time. Estão matando o time. Contratações para as 2 laterais, visto que JP e Zeca continuam sem previsão de retorno e 2 atacantes são peças que precisam chegar essa semana. E precisamos vencer, não importa como.

Douglas - Não vi culpa no gol. Fez belas defesas e evitou um placar ainda pior.
Edson - Foi bem defensivamente, mas nulo no ataque. Não concordo com essa escalação, visto que tem qualidade para jogar no meio campo.
Ernando - Foi um dos poucos que se salvaram.
Juninho - Injustificável a sua manutenção no time titular, visto que falha constantemente à tempos. Bragueiro, inseguro, não sai do chão nos cruzamentos, já foi responsável direto por diversos gols sofridos pelo Bahia (São Paulo, Inter, dentre outros) e continua sendo utilizado. Até quando?
Capixaba - Fez um jogo sofrível. Lento, sem força ofensiva, sua criação foi zero. Péssima partida.
Ronaldo - Discretíssimo, fez um jogo pobre. Apesar de marcar razoalvelmente bem, não pode jogar ao lado de Gregore. Limita muito a criação do time.
Gregore - Discretíssimo, fez um jogo pobre. Apesar de marcar razoalvelmente bem, não pode jogar ao lado de Ronaldo. Limita muito a criação do time.
Ramires - Foi o mais lúcido do time. Jogando com 2 toques, buscou abrir espaços e tentar boas movimentações. Entretanto estava cercado de incompetentes, visto que nunca recebia a bola com qualidade. Fora os impedimentos de Saldanha.
Élber - Um primeiro tempo apagado. Não fez praticamente nada de bom. E neste esquema, jogar no meio não ajuda, pois não marca ninguém. Talvez seja a hora de jogar como atacante, ao lado de Rodriguinho.
Rodriguinho - Seu melhor rendimento é sem recuar para vir buscar o jogo. Mas para isso, precisa receber a bola redonda. E nesta partida só recebeu bola quadrada. Mesmo assim, também não foi bem na partida. Mano precisa saber encaixar um time que jogue em função dele.
Gilberto - A fase é péssima. Não precisa dizer mais nada.

Rossi - Entrou e conseguiu um pênalti.
Ramon - Entrou e tentou dar mais dinâmica ao meio. Precisa de mais oportunidades, pois tem qualidade no passe vertical.
Saldanha - Apesar dos erros de decisão, não se omitiu. Precisa tentar jogar mais fácil, ser menos individualista. E chutar mais no gol. Quer carregar a bola em demasia.
Marco Antônio - Entrou e mostrou que merece uma vaga de titular.
Clayson - Entrou, parecia que ia agregar alguma coisa, mas só fez piorar com o pênalti perdido. Difícil receber oportunidades se quando às tem desperdiça. Até pelo investimento feito, a paciência com ele é menor que com a de atletas da base. Não tem porque ser o batedor oficial de faltas, penaltis e escanteios.

Mano Menezes - Daniel e Marco Antônio não podem ser reservas neste time. Capixaba, Juninho, Gregore e Gilberto precisam de um banco urgente. Élber não pode jogar tão recuado, visto que não marca ninguém. Precisa mudar a forma do time jogar, pois precisamos pontuar. Para quarta-feira contra o Botafogo meu time seria: Douglas, Nino, Ernando, Anderson Martins (se estiver regularizado) e Matheus Bahia; Ronaldo, Gregore ou Edson, Daniel, Elias e Ramires ou Ramon; Elber, Rodriguinho ou Saldanha e Marco Antônio. Além disso, precisa cobrar uma posição sobre João Pedro e Zeca, pois precisamos de novos laterais. E precisamos de 2 atacantes para chegar essa semana e já serem relacionados contra o Sport no domingo. Por fim, precisa definir que bate penalti, falta e escanteio além de um capitão que seja um líder em campo. Gilberto, Gregore e LF não tem esse perfil.

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.