é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 11 de agosto de 2017 às 10h21

Preto revela conversas com elenco para fazer 2º turno melhor

Técnico quer corrigir erros que fizeram o time perder pontos no turno

Victor de Freitas

2017-08-11-09-46_capapretojogo
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Após terminar o primeiro turno na 13ª posição, com 23 pontos, o Bahia vai iniciar a disputa do returno neste domingo, com objetivo de fazer uma campanha que supere sua pontuação nos 19 primeiros jogos do Campeonato Brasileiro.

Para o técnico interino Preto Casagrande, o elenco está ciente da necessidade de pontuar mais do que no primeiro turno, para buscar objetivos do time na competição.

"Até na conversa com os jogadores, principalmente depois desse último jogo contra o São Paulo, a gente falava da importância de fazer um segundo turno melhor do que o primeiro. A gente fez jogos bons, as vezes jogando até melhor que o adversário, porém pecando nos detalhes", comentou técnico.

Na visão do treinador, um dos pontos que devem ser melhorados pelos atleta, no returno, é a concentração no final do jogo. O profissional citou como exemplos perdas de pontos em jogos contra Grêmio e Avaí, quando o time foi penalizado com gols sofridos no fim.

"(...) O mais importante é conscientizar os atletas da importância de ter concentração o tempo inteiro. O jogo contra o Grêmio tomamos gol no finalzinho, contra o Avaí tomamos gol no finalzinho, já seriam aí quatro pontos a mais que nos dariam uma condição muito melhor na tabela. Essa atenção é necessária durante o tempo todo. Tenho certeza se esse nível de concentração melhorar, a gente tem tudo para fazer um segundo turno melhor do que o primeiro", acrescentou.

Preto também se mostrou satisfeito com o ambiente no elenco nestas suas duas primeira semanas como treinador profissional.

"Sou suspeito para falar. Percebo um ambiente muito bom, um ambiente agradável onde os jogadores se respeitam muito e, acima de tudo, respeitam essa comissão. Falo para eles, quase que diariamente, da importância deles confiarem no trabalho que está sendo feito. Que eles confiem naquilo que é planejado, naquilo que é determinado para eles fazerem nos treinos. Tenho, às vezes, discussão com o Maurício (fisiologista), que tenta dosar ao máximo para que a gente não tenha jogador lesionado. É uma coisa que ele se preocupa muito. Eu confio muito naquilo que me é passado. A gente faz um trabalho de muita conversa, de muito diálogo nessa comissão que está agora. Na minha opinião, os jogadores têm entendido isso e dado uma resposta muito positiva no dia a dia", disse.

A abertura do returno acontece neste domingo, às 19h, contra o Atlético-PR.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.