é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Nordestão

Publicada em 24 de maio de 2017 às 10h54

Pelo título do Nordeste, Bahia duela com o Sport na Fonte Nova

Esquadrão vai a campo em busca do tri nordestino

Victor de Freitas

2017-05-24-10-40_Capatiagoefonseca
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Já se passaram 15 anos desde a última conquista regional do Bahia. Em 2015, a chance foi perdida para o Ceará. Mas, nesta quarta-feira (24), o Esquadrão terá uma nova oportunidade para se sagrar tricampeão da Copa do Nordeste, contra o Sport, dentro de sua fortaleza: a Fonte Nova.

Após o placar de 1 a 1 na partida, disputada na Ilha do Retiro, o Bahia possui vantagem de jogar pelo simples empate de 0x0 para conquistar o troféu mais cobiçado do Nordeste ou por qualquer triunfo. Um novo empate em 1x1 vai levar a decisão para as cobranças por pênaltis. Já empates por pelo menos dois gols são favortáveis ao time rival.

Para a partida de volta da final, o técnico Guto Ferreira volta a contar com o lateral Armero, o volante Edson e o meia Régis. O trio foi ausência na partida de ida, em Recife, por conta de suspensões.

Goleador do Bahia no ano e também artilheiro da Copa do Nordeste, Régis é tido como o principal nome do Tricolor para buscar o troféu de campeão nordestino, o que não acontece desde 2002, quando bateu o rival Vitória.

Mas não é apenas o meia quem pode garantir o título para o Esquadrão. A defesa do Bahia é a que menos sofreu gols na Copa do Nordeste e será fator fundamental na final, como acredita o técnico Guto Ferreira.

ADVERSÁRIO

Sport chega a Salvador com a mala repleta de problemas. Em má fase, o time venceu apenas um dos últimos 10 jogos do ano e tem o técnico ameaçado de demissão em caso de perca do título nesta quarta-feira.

RETROSPECTO FAVORÁVEL

Contando apenas jogos válidos pela Copa do Nordeste, o Tricolor já enfrentou o rival rubro-negro pernambucano em nove ocasiões. Foram três triunfos e seis empates. O Bahia jamais perdeu para o Sport em partidas da competição regional.

ARBITRAGEM

Após a polêmica com a arbitragem piauiense na partida de ida da decisão, a CBF sorteou um trio de Alagoas para comandar o jogo final do Nordestão, com Francisco Carlos Nascimento, o "Chicão", sendo o árbitro principal.

FICHA TÉCNICA
BAHIA X SPORT

Copa do Nordeste - Final - Decisão
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 24/05/2017, às 21h45
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Rondinelle dos Santos Tavares (ambos de AL)
Transmissão: EI MAXX(para todo o Brasil), TV Bahia (para toda a Bahia)

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Edson, Renê Júnior e Régis; Allione. Zé Rafael e Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

Sport: Magrão; Matheus Ferraz, Henriquez e Durval; Everton Felipe, Ronaldo, Fabrício, Diego Souza e Mena; André e Rogério. Técnico: Ney Franco.

 

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.