ecbahia.com

é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 10 de março de 2018 às 19h25

Guto vê Bahia superior e cita motivos para a derrota

Treinador destaca falhas ofensivas como principais razões para a derrota fora de casa

Victor de Freitas

2018-03-04-19-56_capagutoferreira21
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

O Bahia perdeu o jogo para o Náutico e também a chance de garantir sua classificação à próxima fase da Copa do Nordeste de forma antecipada. Após o revés sofrido por 1 a 0, o técnico Guto Ferreira concedeu a tradicional entrevista coletiva pós-jogo e analisou a atuação de sua equipe.

Em sua análise sobre o jogo, Guto Ferreira afirmou ter visto o Bahia superior durante os 90 minutos e citou os erros ofensivos como principais fatores para a derrota sofrida em solo pernambucano. Apesar de insatisfeito pelo resultado, o técnico destaca que vai tirar algo de bom da partida.

“O jogo, se você pegar a posse de bola e chances criadas, nós fomos superiores. Nós tivemos um volume de jogo que não mereceu perder, enquanto eles foram extremamente competentes. Criaram uma chance, logo no início, e fizeram o gol. A gente não foi feliz nas finalizações. Não estou contente pelo resultado. Mas, diante de tudo que vimos, não podemos dizer que foi tudo ruim”, analisou o treinador.

Para o treinador, o gol sofrido no início da partida causou intranquilidade para seus jogadores.

"O primeiro tempo faltou (jogadas pelas laterais). Time começou bem, de forma agressiva, criando oportunidades no início. O gol saiu cedo. Esse gol trouxe tranquilidade para eles e nos atrapalhou um pouquinho. A equipe foi buscando, crescendo, mas não conseguiu colocar para dentro", disse o técnico.

Guto também lamentou o fato de ter perdido a chance de garantir classificação antecipada.

Futebol é assim. Não pode vacilar. Errou... Viemos buscar a classificação e não conseguimos. Temos dois jogos. Um jogo importante contra ao Altos, que virou fator decisivo para nossa classificação e depois ir chancelar a vaga lá na Paraíba", indicou.

Entradas de Élber e Allione

"Élber não entrou jogando por essa atenção (desgaste). A medida que o jogo não andou e tivemos necessidade de velocidade, colocamos. Ele nos ajudou, fez boas jogadas. A hora que sentiu, entrou Allione. Na primeira jogada, o cara agarrou Allione, se jogou por cima dele, e ele teve uma entorse. Ele foi valente, superou, rodou pelo campo todo fazendo careta. Mas não saiu do jogo, enfrentou, foi até o fim. Quem está em casa não percebe. Ele seguiu no jogo. Volto a falar, algumas situações que aconteceram no jogo que em uma partida normal nem sempre acontece", finalizou.

O Bahia vai voltar a campo no próximo final de semana, contra a Juazeirense, em jogo válido pela ida da semifinal do Campeonato Baiano.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.