é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 22 de março de 2018 às 18h39

Feliz por momento no Bahia, Edigar diz não escolher posição para jogar

Atacante comemora proximidade de marca de 100 jogos pelo Esquadrão e diz não ter preferência por posição

Victor de Freitas

2018-03-22-18-28_capaedigarjuniocoletiva6
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

O atacante Edigar Junio está próximo de alcançar uma marca importante como jogador do Bahia. Está a dois jogos de completar 100 atuações com a camisa tricolor e afirma felicidade em sua terceira temporada pelo clube.

"A gente começa a ver um filme desde que cheguei aqui. Tantas coisas aconteceram. Só tenho a agradecer a Deus o que tenho vivido aqui, à torcida pelo carinho, principalmente nos últimos tempos. Espero que a gente siga unido. (...) Espero que venha 100, que eu aumente essa marca e, se Deus quiser, eu siga fazendo história aqui no Bahia", comentou o jogador.

Entrevistado do dia no Fazendão, Edigar Junio foi perguntado sobre sua preferência por posição no ataque. Primeiramente escalado na ponta esquerda, diante do Altos, o jogador foi deslocado para atuar como centroavante e marcou dois gols. O jogador, porém, diz não ter preferência por posição.

"A gente sabe que não fez um bom primeiro tempo. No intervalo, a gente teve que mudar a postura, não só tecnicamente, mas também de vontade. Isso foi primordial. Em relação a meu posicionamento, comecei segundo tempo pela ponta e, depois, o professor me colocou centralizado. Como sempre digo, onde estiver jogando eu vou dar meu máximo", despistou.

Sobre o início de temporada feito pelo Esquadrão, o jogador admite não ter sido o que era esperado pelo time, mas projeta evolução nas próximas partidas.

"Sabemos que não tem sido um início de ano como a gente gostaria, mas a gente está caminhando, está evoluindo. Ano passado, se não me engano, a gente foi campeão invicto. Esse não já tivemos duas derrotas. O importante é que a gente está conseguindo evoluir bem, vindo numa crescente. Jogamos contra o Náutico, tivemos aquela derrota, jogamos um bom jogo, mas infelizmente não vieram os três pontos. Na quarta não tivemos um bom jogo no primeiro tempo, mas o importante foram os três pontos", analisou.

Em 98 partidas com a camisa do Bahia, Edigar Junio tem 34 gols marcados.

O Esquadrão vai encarar a Juazeirense às 16h de domingo, pela partida de volta da semifinal do Baiano.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.