é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 09 de janeiro de 2018 às 20h48

Diego Cerri explica sondagens por Juninho, Zé Rafael e Régis

Jogadores do Bahia seguem recebendo contatos de outros clubes

Victor de Freitas

2018-01-04-11-02_capadiegocerri7
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Desde 2017, o Bahia tem recebido diversas sondagens de clubes interessados em jogadores tricolores. Alguns deles já acertaram com outras equipes, enquanto outros ainda seguem na mira de times brasileiros.

Neste início de semana, duas das notícias que mais chamaram atenção da torcida tricolor foram os interesses de Santos e Cruzeiro pelos meias Régis e Zé Rafael, respectivamente. O volante Juninho também é outro jogador desejado no mercado. Ceará e Sport querem o atleta.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira (09), o diretor de futebol Diego Cerri foi perguntado sobre a situação dos três jogadores. Segundo o dirigente, o Bahia recebeu sondagens de equipes por cada um destes atletas. Mas que nenhum dos contatos se transformou em proposta oficial.

Juninho:

"De fato, nessa época do ano tem muita coisa não só para o Juninho, mas outros atletas nossos. Algumas coisas se concretizaram como o caso do Juninho Capixaba, Jean... O Juninho tem algumas equipes o procurando, mas até agora nada concreto. Esse período vai continuar assim. Se houver alguma coisa concreta, a gente fala. Proposta ainda...Tem conversa, especulação, sondagem. Não tem nada definido".

Zé Rafael:

"Eu vou te falar que é um atleta que muitas equipes têm perguntado, sondado, mas dificilmente chega proposta. O Cruzeiro é um clube que tem interesse, mas nada ainda oficializado. Ele foi um dos pilares nossos no ano passado, mas aquele mesmo discurso do ano passado. Não posso dizer que ninguém é inegociável. Depende da negociação".

Régis:

"Régis teve uma aproximação do Santos. Não chegou nada concreto de valores. São atletas que estão jogando a Série A. A gente teve êxito ano passado e como coletivo funcionou bem vai ter realmente especulações e até propostas concretas. Mas não tem nada não. (...) Não teve propostas de números, oficial. Mas é natural que antes da proposta chegar haja aproximação, conversa, para o clube pensar em valor".

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.