é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 09 de janeiro de 2018 às 11h37

Cruzeiro aciona BMG para enviar proposta por Zé Rafael

Bahia desejaria receber R$ 15 milhões pelo meia

Victor de Freitas

2017-11-03-19-51_capazerafaelcoletiva07
Fonte: Marcelo Malaquias/Divulgação/ECBahia

Nesta semana foi iniciada mais uma negociação envolvendo um destaque tricolor em 2017. Após clubes paulistas desistirem de sua contratação, o meia Zé Rafael agora está sendo desejado pelo Cruzeiro. O Bahia, no entanto, faz jogo duro.

O Cruzeiro consultou o Bahia sobre a quantia desejada para contratar Zé Rafael e o clube tricolor respondeu com uma pedida de 4 milhões de euros (R$ 15 milhões). O valor é considerado alto pelos dirigentes da Raposa, que tentam um diminuir esse valor em 40%.

Segundo o UOL, o Cruzeiro planeja enviar uma proposta inicial na casa dos 2,4 milhões de euros (R$ 9 milhões).

Nesta última segunda-feira, o vice-presidente co clube Mineiro, Itair Machado, foi questionado sobre um interesse do clube em Zé Rafael e deixou em aberto a possibilidade.

"Estamos contratando o Zé Rafael? Vocês saberão daqui uns dias se estamos ou não. O Cruzeiro está trazendo mais um atleta, isso eu posso adiantar, vamos trazer mais um atleta para o grupo. Mas como fizemos contratações pontuais, essa também será pontual para atender ao treinador. Vamos trabalhar com cautela, levantando o recurso porque ainda não temos o recurso todo", disse o dirigente.

O banco BMG seria o parceiro cruzeirense para mais uma negociação, assim como na contratação de David, justamente por R$ 9 milhões e nos acertos com Bruno Silva, por R$ 5 milhões. A multa de Fred, estipulada pelo Atlético-MG em R$ 10 milhões, também será paga pelo banco caso o Cruzeiro seja obrigado a arcar com este valor.

Já na opinião do presidente Guilherme Bellintani, a operação financeira para tirar Zé Rafael do Bahia dificilmente conseguirá ser feita por um clube brasileiro.

"Eu nunca digo que nenhum atleta não será negociado. Mas eu acho muito difícil que um clube brasileiro, hoje, tenha condição financeira de fazer uma proposta que mexa com o nosso pensamento sobre o Zé Rafael. É um atleta que está na espinha dorsal do time, é um atleta jovem, com um valor de mercado muito significativo”, comentou o presidente, em entrevista à Itapoan FM.

 

O meio-campista tem 24 anos e contrato com o Bahia até o final da temporada de 2020. O Esquadrão tem 70% dos direitos econômicos do atleta.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.