é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 10 de setembro de 2017 às 21h14

Confira como o Atlético-GO chega para enfrentar o Bahia

Time goiano segue como lanterna, mas chega empolgado por bons resultados recentes

Victor de Freitas

2017-09-10-21-01_atleticogo
Fonte: Divulgação/Atlético-GO

Em busca de reabilitação no Campeonato Brasileiro, o Bahia vai tentar seu terceiro triunfo fora de casa, neste Brasileirão, diante do Atlético-GO.

Após vencer o Vasco, pela 21ª rodada, o Esquadrão sofreu uma inesperada derrota para o Botafogo, dentro de casa, e viu equipes que estavam na zona de rebaixamento o ultrapassarem - como o Avaí. Outros, encostaram na classificação, como o rival Vitória. Pressionado pela proximidade do Z-4, o Bahia tem como inspirações os dois triunfos conquistados como visitante nesta competição.

Com apenas 18 pontos, O Atlético Goianiense, por sua vez, chega para o jogo ainda como lanterna isolado do Brasileirão. Entretanto, foi protagonista da maior zebra de todo o campeonato, ao vencer o líder Corinthians jogando fora de casa, na rodada passada. O resultado empolgou o time e devolveu esperanças à torcida.

Subida de rendimento com técnico recentemente efetivado

Se o Bahia tem Preto Casagrande como técnico interino, do lado do Atlético-GO também apostou em seu antigo auxiliar como treinador. E tem colhido melhores resultados desde então. Com João Paulo Sanches, o time goiano venceu duas das últimas três partidas e respirou na competição.

Nos últimos seis jogos, o Atlético-GO ganhou nove pontos e tem o sétimo melhor desempenho neste período.

Pior defesa e segundo pior ataque

Além de ser o lanterna isolado da Série A, o Atlético Goianiense se destaca negativamente nas estatísticas. O time tem a pior defesa do Brasileirão, com 36 gols sofridos. E o segundo pior ataque, com apenas 18 gols anotados.

Em 22 rodadas, a equipe rubro-negra não sofreu gols em apenas três jogos. E não balançou as redes adversárias em 10 partidas.

Terceiro pior mandante

Jogando dentro de casa, o Dragão recebeu 11 adversários e ganhou apenas três vezes. Marcou 12 gols e sofreu 15.

No ranking de público, o Atlético é o penúltimo, com apenas 4.500 torcedores, em média, por partida.

Provável escalação titular: Marcos; Jonathan, Gilvan, William Alves e Bruno Pacheco; André Castro, Igor, Andrigo, Jorginho e Luiz Fernando; Walter.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.