é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 10 de outubro de 2017 às 12h22

Carpegiani admite dúvida com Rodrigão para definir time titular

Treinador tem apenas uma dúvida para escalar a equipe

Victor de Freitas

2017-10-10-14-38_capatreino063
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

O time do Bahia está quase definido para atuar pela primeira vez sob o comando de Paulo Cézar Carpegiani. Depois de cinco dias de treinamentos, o técnico admitiu ter apenas uma dúvida na escalação inicial para o jogo de quinta-feira.

Recuperado de lesão na coxa, o volante Renê Júnior retomou a condição de titular nas últimas atividade, porém o aspecto físico do meio-campista ainda preocupa o treinador, que conta com o jogador no time titular devido aos desfalques de Edson e Matheus Sales.

"Minha maior preocupação está baseada em um jogador que está voltando agora, que é o Renê Júnior, no aspecto físico dele. É um jogador de muita vontade, determinação, conversei com ele, e ele quer jogar, e eu quero que ele jogue, então essa é uma preocupação que eu vou ter, em como manejar para jogar com ele, como vai ser o seu ritmo, porque ele ficou quase um mês fora, uma lesão difícil e, em consequência, num setor importante que é o setor de meia. Essa é a minha maior preocupação, com a dinâmica, a marcação, isso exige muito", disse Carpegiani.

Já quanto a única dúvida no time titular, PC Carpegiani admite não ter ficado 100% confiante em Rodrigão nos primeiros treinos. Com isso, treinou Vinícius em seu lugar, com Renê Júnior e Juninho sendo escalados no meio-campo, como pilares da sustentação defensiva.

"Então tenho uma dúvida sim, que eu não quero expressar, mas posso até dizer pra vocês, que é a colocação de um ponta de lança (Vinícius) ou o Rodrigão. Fiquei em dúvida, porque os treinamentos me deixaram assim. Não me transmitiram aquela segurança que eu deveria ter. É bem aceito por mim. Tenho que aceitar, porque foram poucos os treinamentos que nós fizemos, estou chegando agora, não tive a condição precisa da característica de jogadores, mas acredito que vamos escalar o que temos de melhor nesse momento.

Caso opte por escalar Rodrigão, Vinícius ficará no banco de reservas e Edigar Junio fará a função de ponta direita, com Zé Rafael e Juninho nas posições centrais do meio-campo e Mendoza chegando dentro da área pela esquerda.

Já sem Rodrigão, Vinícius irá compor o meio-campo e Edigar Junio voltará a jogar como centroavante, função que exerceu várias vezes em 2017. Neste caso, é Zé Rafael quem jogará pela direita.

A provável escalação do Bahia é:

2017-10-10-15-16_taticarodrigaovin
Fonte: Reprodução

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.