ecbahia.com

é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 04 de maio de 2018 às 18h56

Bellintani apresenta patrocinador e volta a falar sobre reforços

Presidente explicou acordo com a empresa Tel e afirmou que não buscará reforços que cheguem apenas para aumentar o número de jogadores do elenco

Victor de Freitas

2018-05-04-18-44_capabellintani12
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

O Bahia tem uma nova patrocinadora para a sequência do mês de maio. Nesta sexta-feira (04), o presidente Guilherme Bellintani anunciou uma parceria com a empresa Tel, do ramo de telecomunicações.

Na sala de imprensa do CT do Fazendão, o presidente Guilherme Bellintani explicou o formato da parceria com a empresa, que já teve sua marca estampada na parte inferior das costas da camisa do Bahia na partida contra o Botafogo-PB e que, inicialmente, permanecerá até o fim deste mês.

"O projeto entre a Tel e o Bahia é de cerca de um mês de parceria, todos os jogos de maio terão a exibição da marca. E, em contrapartida, a Tel vai fazer um investimento em profissionalização do call center do clube. Pela primeira vez, vamos profissionalizar toda a estrutura de atendimento aos sócios. Isso inclui nova equipe, novas ligações, aproximação com a torcida, metas muito claras de número de ligações, de associações, treinamento, uma série de coisas que nós sentimos falta. O Bahia tem sido criativo nessas modalidades de parceria, não é exclusividade da minha gestão. Temos o objetivo claro de que parcerias desse tipo façam valer marcas como a da Tel, que é uma marca baiana, tem abrangência nacional, e, dentro da indústria de teleatendimento, tem um pioneirismo e tamanho interessantes", explicou o mandatário tricolor.

Após a apresentação do novo patrocionador do clube, Bellintani respondeu a perguntas feitas por jornalistas. O assunto? contratações.

Como já afirmado pelo presidente, a postura do clube diante do mercado segue a mesma. A cautela no mercado é motivada pelas 11 negociações acertadas no mês de janeiro, mas que a diretoria está atenta a possíveis necessidades do elenco para buscar reforços.

"A gente tem dito sempre que o Bahia contratou para o Brasileiro no começo do ano. Fizemos, se não me engano, 11 contratações. (...) Logicamente, a cada momento que se passa, vamos vendo lacunas nos times. Nos últimos jogos, o time marcou poucos gols. Mas temos que avaliar se é temporário ou é um problema estruturante do time. Se a cada três ou quatro jogos, gerarem lacunas e contratarmos, vamos ser criticados pelo excesso de contratações geradas por momentos circunstanciais. Terminamos o Baiano como o time de ataque mais positivo. Fomos o 12º do Brasileiro do ano passado e tivemos um dos melhores ataques. Mas isso não quer dizer que não estamos buscando contratações. Mas não vamos fazer contratações por circunstâncias pontuais", analisou o presidente.

Bellintani também avaliou o elenco do Bahia como "enxuto" em relação a outras equipes da Série A, mas que não vai ao mercado apenas para aumentar a quantidade de jogadores do grupo. Ele também desmentiu boatos de interesse do clube em Canteros, da Chapecoense, e Edinho, do Fortaleza.

"Hoje estamos jogando com um elenco muito enxuto. Em condições de viagem, temos 22 atletas apenas. Normalmente, os clubes brasileiros têm entre 30 a 35 atletas. Temos 23, 24, 25. A depender da integração dos atletas do Sub-20. Não é um problema. Não estamos atrás de completar as figurinhas do álbum. Em relação à quantidade de contratações, não temos qualquer perspectiva", explicou.

"Não houve (proposta). Não é verdade. Nem consulta. Isso é habitual. Nos perguntaram também sobre Edinho, do Fortaleza. Não teve contato. É habitual que tenham esses boatos, por interesses empresariais. Esses boatos são jogados", garantiu.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.