é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Baiano

Publicada em 16 de abril de 2017 às 20h23

Bahia vence o Fluminense fora de casa e encaminha classificação

Tricolor definiu resultado no primeiro tempo

Victor de Freitas

2017-04-16-19-46_Caparegisgol4
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

O Bahia levou a melhor no jgoo de ida das semifinais do Campeonato Baiano. Diante do Fluminense de Feira, fora de casa, o Esquadrão aplicou 3 a 0 e encaminhou sua classificação à final.

Com o placar conquistado longe de casa, o Tricolor fica com larga vantagem para o jogo de volta, marcado para o próximo sábado (22), na Fonte Nova.

O JOGO

Buscando reabilitação na temporada, o Tricolor entrou em campo em busca do triunfo, que foi construído ainda no primeiro tempo. Apesar de sofrer com a forte marcação do Fluminense, no começo do jogo, o time de Guto Ferreira se encontrou em campo e foi para o vestiário com três gols de vantagem.

A primeira finalização com direção ao gol adversário aconteceu aos oito minutos, em chute forte de Hernane, de longa distância. A bola passou próxima à trave do goleiro Jair.

HERNANE ABRE O PLACAR

Já a primeira bola a balançar as redes do Fluminense aconteceu aos 32 minutos. Após cruzamento de Allione, a zaga adversária se atrapalhou e a bola sobrou para Hernane. O Brocador dominou com frieza e finalizou sem chances para o goleiro ex-tricolor Jair.

RENÊ JÚNIOR AMPLIA

Aos 36 minutos, em mais uma bola que sobrou dentro da área, o volante Renê Júnior demonstrou tranquilidade ao acertar um chute colocado, na parte alta do gol, ampliando o marcador.

RÉGIS DEFINE PLACAR

O terceiro gol tricolor aconteceu em uma belíssima finalização feita por Régis. Após mais um corte mal feito pela defensiva adversária, o camisa 20 do Esquadrão chutou forte, sem deixar a bola tocar no chão, e marcou um golaço.

SEGUNDO TEMPO

Já no segundo tempo, o Esquadrão de Aço voltou a campo com a mesma postura ofensiva e seguiu buscando o gol.

Aos 12 minutos, Edigar Junio teve chance de ampliar o marcador, mas teve sua finalização travada pela defesa. Já aos 12, Allione recebeu cruzamento e finalizou de carrinho, mas perdeu sem goleiro.

Com uma boa vantagem no marcador, o Bahia passou a administrar a posse de bola e a atacar apenas quando não corresse riscos. Aos 40, Régis teve nova chance para marcar, mas Jair defendeu.

RÉGIS EXPULSO

No entanto, aos 42 minutos, o meia Régis foi expulso por uma suposta agressão ao volante Rogério. O árbitro aplicou cartão vermelho direto.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.