é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 02 de abril de 2018 às 15h56

Bahia se prepara para acertar compra de Marco Antônio

Meia-atacante pertence à Desportiva Paraense, mas deve ser adquirido pelo Esquadrão

Victor de Freitas

2018-04-02-09-44_capamarcoantonio1
Fonte: Marcelo Malaquias/Divulgação/ECBahia

Um dos destaques do Bahia nas últimas partidas, o jovem meia-atacante Marco Antônio impressionou ao demonstrar frieza e qualidade em seu primeiro Ba-Vi como atleta profissional. Alvo de elogios por parte do treinador e da torcida, o jogador deve ter seu vínculo com o Esquadrão prolongado.

Contratado pelo Bahia por empréstimo no ano de 2016 Marco Antônio tem seus direitos ligados à Desportiva Paraense, porém o Bahia detém o direito de adquirir o atleta em definitivo. E é o que deve ser feito, segundo o diretor Diego Cerri.

"Marco Antônio é um jogador que veio por empréstimo. Em alguns momentos teve dificuldade de se firmar pela questão de estourar a idade dos juniores no último ano e não conseguir se firmar no profissional. É uma situação difícil, um passo difícil, mas eu renovei duas vezes o empréstimo dele, mantendo a opção de compra. A gente tem tudo estipulado. É um garoto que está indo bem e que provavelmente fica conosco para frente sim", disse o dirigente, ao Bahia Notícias.

"Eu tenho tudo estipulado em contrato, já estipulado valores. Estamos conversando. Agora, o mais importante é que o menino teve muita personalidade. Entrou em outros jogos difíceis também, não foi só nesse e ele acabou conseguindo jogar apenas na reta final do campeonato. Eu até dizia que mais um campeonato estava se passando e eu não estava vendo o Marco Antônio de novo, depois que renovei duas vezes o empréstimo. Ele teve muita personalidade quando teve a oportunidade, quando houve o momento certo que o Guto pôde colocá-lo e foi bem em todas as oportunidades que ele entrou em campo", acrescentou.

Guto também fez elogios ao atleta após a atuação no clássico deste último domingo.

“Marco está em progressão e tirei ele faltando 15 minutos, está chegando próximo dos 90 (minutos em campo). Fez uma partida fantástica, cada vez melhor. É rezar para que ele continue nessa pegada”, disse o técnico.

Por parte do jogador, o desejo é de permanecer vestindo a camisa tricolor por um período mais longo.

"Meu contrato está acabando, sempre falo com o presidente: ‘E aí, presida, bora?’. Minha esperança é ficar aqui no Bahia. Quero ficar aqui, gosto daqui, já me acostumei. Os meninos me abraçam de uma maneira que eu gosto. Eu não quero sair daqui, quero renovar para ficar cinco, dez anos aqui no Bahia. Fazer história, ganhar títulos, esse é meu foco”, falou o jogador, após o Ba-Vi.

Marco Antônio teve suas primeiras oportunidades como atleta profissional do Esquadrão durante o Baiano de 2017, com Guto Ferreira. No retorno do treinador, neste ano, o meia-atacante de 20 anos se firmou de vez. São cinco jogos e um gol marcado em 2018.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.