é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Baiano

Publicada em 30 de janeiro de 2019 às 23h25

Bahia leva 2 a 0 na Fonte Nova e sofre primeira derrota de 2019

Clayton perde pênalti e Bahia sofre primeira derrota da temporada 2019

Victor de Freitas

2019-01-30-23-13_capaclayton17
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Na noite desta quarta-feira (30), o Bahia recebeu a visita do Bahia de Feira e sofreu uma derrota por 2 a 0 diante da torcida na Arena Fonte Nova.

Com o revés, o Esquadrão segue em quarto lugar, com quatro pontos, e permite o avanço do Tremendão, que soma nove em três jogos. O Tricolor de Aço volta a campo no domingo (03), contra o Vitória, pela Copa do Nordeste.

O JOGO

Atuando com um time completamente reserva, priorizando a disputa do Ba-Vi no final de semana, o Bahia iniciou a partida chegando perto de abrir o placar em lances aos quatro e cinco minutos, com uma finalização de longa distância feita por Matheus Silva e um cruzamento de Paulinho que passou na frente do atacante Caíque.

Porém, foi o xará de Feira de Santana quem marcou o primeiro gol. Em jogada tramada pelo lado direito de seu ataque, Gabriel Bispo cruzou bola para a grande área tricolor para a cabeçada de Jarbas. Livre de marcação, o jogador abriu o placar aos sete minutos.

O marcador poderia ter sido empatado aos 14 minutos. Em pênalti marcado por um toque de mão na bola dentro da área, o atacante Clayton foi para a cobrança e chutou nas mãos de Jair. No rebote, Élber chutou rasteiro, mas parou em nova defesa do arqueiro.

Aos 29 minutos, foi a vez de Shaylon assumir a posição de armador de jogadas para deixar Élber na cara do gol. O camisa 7 chutou forte de perna esquerda, mas a bola passou ao lado da trave.

Antes do intervalo, O Esquadrão voltou a fazer o veterano Jair trabalhar somente em um lance de bola parada. Aos 40 minutos, Shaylon cobrou falta, mas viu a defesa do goleiro adversário.

SEGUNDO TEMPO

Já na segunda etapa, o Tricolor acertou a trave do Bahia de Feira logo no segundo tempo. Depois de escanteio cobrado por Shaylon, o zagueiro Ernando cabeceou e quase abriu o placar.

Aos dez minutos, Clayton voltou a decepcionar. Após um cruzamento preciso feito por Shaylon, o atacante apareceu livre de marcação, perto da pequena área, mas apenas cabeceou nas mãos do goleiro Jair.

Atrás no placar e com o tempo cada vez mais curto, a falta de entrosamento e de padrão tático da equipe se escancaravam. Jogadas ofensivas aconteciam, em sua maioria, a partir de bolas cruzadas na área ou de chutes de fora da área, como em finalização feita por Caíque, aos 20 minutos.

Com um meio-campo dando espaços e uma defesa sem cobertura, o segundo gol do Bahia de Feira aconteceu em um contra-ataque que foi iniciado a partir de um erro de passe do lateral Matheus Silva. Deon recebeu bola nas costas da defesa e cruzou para o meio da área. Livre de marcação, Dionísio chutou na saída de Anderson e definiu o placar.

Após sofrer o segundo gol, o Tricolor seguiu sem inspiração entre o meio-campo e o ataque e só voltou a assustar em finalizações de Shaylon, na primeira ele isolou e no segundo lance, o meia cobrou falta para uma bela defesa de Jair.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.