é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 01 de setembro de 2017 às 20h39

Bahia busca auxiliar técnico para Preto; ex-rival recusa oferta

Ex-rival e atualmente no Palmeiras, Wesley Carvalho rejeitou convite de Preto

Victor de Freitas

2017-09-01-20-34_wesleycarvalho
Fonte: Divulgação/Palmeiras

Após a efetivação de Preto Casagrande, o Bahia está ao mercado em busca de um novo assistente técnico para preencher o cargo vago na comissão fixa do clube.

Um dos nomes já procurados pelo Bahia foi o ex-auxiliar técnico do rival Vitória, Wesley Carvalho, que atualmente é o treinador do time sub-20 do Palmeiras. Entretanto, Preto ouviu uma resposta negativa.

“Eu e Preto nos conhecemos há muito tempo e sempre quisemos trabalhar juntos, por isso ele me procurou. Mas fui honesto com ele. Dei minha palavra ao Palmeiras de que ficaria. João Paulo (Sampaio, coordenador da base do Verdão) é um grande amigo também, que me trouxe para cá, confiou em mim, então vou ficar por aqui”, disse o treinador palmeirense, ao jornal Correio*.

Wesley também explica que o fato de ter deixado o time rubro-negro há pouco tempo é um motivo que o fez recusar o convite de Preto, além de querer investir na carreira de técnico.

“Deixei o Vitória para ter essa experiência como treinador, essa vivência de grandes jogos. Não queria deixar isso agora para voltar a ser auxiliar. Ainda que passe por cobrança, não é a mesma coisa de como treinador. Outro motivo é de que não queria voltar a Salvador depois de tão pouco tempo de ter deixado o Vitória”, concluiu.

Outros nomes em pauta

Além de Wesley, o Bahia também tem interesse em outros dois nomes para compor a comissão técnica do time tricolor. Um deles é o ex-jogador tricolor, Ramón Menezes, aposentado desde 2013, mas com experiêncis em diversas áreas do futebol desde então. Já trabalhou como gestor de futebol, auxiliar técnico e até mesmo treinador. Atualmente, está desempregado.

Já o outro alvo da direção tricolor - e que aparece como o mais provável - é Cláudio Prates. Atualmente, o profissional é componente da comissão técnica fixa do Palmeiras, porém tem experiência neste cargo, por já ter trabalhado em outros clubes, como Sport, Ponte Preta, Joinville e América-MG, onde trabalhava desde 2011, até chegar ao time paulista neste ano. Um trabalho de convencimento e uma oferta financeira melhor terão de ser feitos.

A expectativa do clube é de contar com um assistente técnico já na segunda-feira (04), quando o grupo se reapresenta para uma semana completa de treinamentos, antes de enfrentar o Atlético-GO, no dia 11.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.