é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Faustino Menezes
Publicada em 27/11/2017 às 22h28

Sempre foi e sempre será difícil

Era difícil em 59 contra o Santos de Pelé.

Era difícil em 88 contra o Inter de Taffarel.

Era difícil em 94 quando Raudinei fez o gol aos 46 do segundo tempo no Bavi decisivo do Baiano.

Era difícil em 2007 quando Charles fez aquele gol no apagar das luzes da antiga Fonte Nova.

Era difícil em 2010 quando a torcida abraçou o time e transformou o Pituaço em caldeirão.

Era difícil em 2012 quando Diones fez o gol salvador que enterrou 10 anos sem títulos do Esquadrão.

Era difícil ano passado quando Hernane brocou o Sampaio Corrêa aos 46 da etapa final.

Era difícil contra o Sport este ano quando Edigar Junio meteu aquela pintura em cima de Durval e Magrão.

Sempre foi díficil. Nada veio fácil para o Bahia. Se vem fácil, não é Bahia.

"Enquanto houver 1% de chances, teremos 99% de fé!" (Autor desconhecido)

Vamos pra cima deles, Esquadrão! Vamos que ainda dá! BBMP! 

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.