é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Publicada em 09/03/2017 às 23h27

Não estamos mais na série B; acorda, Bahia!

A primeira eliminação do Bahia na temporada já aconteceu, não é uma novidade, até porque a um bom tempo que o clube não faz boa campanha na Copa do Brasil. Porém, a maior decepção e revolta de nós torcedores, foi a forma pela qual fomos eliminados.

Quem me acompanhava na ESPN sabe que sempre fui a favor de técnicos com tempo para trabalhar e implantar a sua filosofia de jogo no clube, até porque sou um assíduo acompanhante do futebol europeu, cuja cultura de lá é justamente a longevidade dos técnicos à frente dos seus respectivos clubes, pelo menos a maioria, diferente do Brasil, país que, tradicionalmente é marcado pela impaciência de cartolas e torcedores, com a falta de resultados imediatos.

Guto tem quase 9 meses a frente Bahia, teve altos e baixos, e, um acesso conquistado no fim do ano passado. Podemos contestar que o Bahia sofreu demais para um time com a segunda maior folha da série B, mas no final conseguimos subir e isso é o que importa. A temporada começou em janeiro, comissão técnica e diretoria tiveram tempo para trabalhar, contratar e fazer todo o planejamento do ano que ali se iniciava. Não vejo o Bahia com um elenco rico em opções nos setores e muito menos, um ou alguns jogadores decisivos nos momentos complicados, como Kieza, Fernandão, Talisca e alguns outros.

Guto não consegue ter variações táticas, apresenta apenas um esquema, no qual o time se prende o tempo todo. Em situações adversas como a de ontem, o time não consegue se organizar e construir as jogadas, forçando as ligações diretas e lançamentos em direção à área. Guto é extremamente previsível, seja na sua filosofia de jogo ou nas substituições, além disso, ele não admite as falhas cometidas. Contra o Paraná, ele tinha Éder que vinha numa crescente interessante, mas preferiu o pesado e fraco Lucas Fonseca, que falhou nos dois gols sofridos pelo Bahia.

No meio-campo, o Bahia tem dificuldade para criar jogadas, mesmo tendo Régis, que é habilidoso e intenso, mas que não pode fazer milagre. Edson e Renê Junior não têm transição rápida e muito menos, características de passe, como Juninho, que com este estilo, se tornou o melhor jogador do time na última temporada, mas Guto prefere mantê-lo no banco. Teoricamente, seuesquema com quatro jogadores de frente, deveria formar um losango imaginário na distribuição tática, com Régis vindo de trás, Diego Rosa e Zé Rafael abertos e Hernane na referência. Régis não consegue ser a base desse losango por conta da dificuldade que tem em receber a bola, ao passo que os dois volantes não conseguem fazer a transição com a qualidade necessária para acelerar o jogo, facilitando a vida do adversário que, quase sempre consegue quebrar a linha de passe do esquadrão e as tentativas de avanço no campo de ataque.

Os três jogadores de frente continuam devendo nas finalizações ao gol e não conseguem ter uma boa média de gols marcados, prejudicando e fazendo falta no final, como ocorreu ontem. Algo que chamou atenção foi a entrada de Maikon Leite na partida contra o Paraná. No jogo anterior contra o Conquista, Guto disse que ele não entrou por que o gramado do Lomanto Junior é muito pesado e ele não tinha ritmo. Na última quarta-feira ele resolve colocar o atleta com o placar já adverso e ainda sem ritmo de jogo. Sinceramente, o próprio se contradiz e se complicada a cada partida. Tudo isso, culminou na eliminação do Bahia na segunda fase da copa do Brasil. 

Foi a primeira derrota do ano, é verdade, mas o futebol medíocre e que não empolga o torcedor já vem desde o ano passado. Já passou da hora de acordar para a vida, não estamos mais na série B! 

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.