é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 30/08/2018 às 16h34

Minha Análise - Ceará 0x2 Bahia

Meus Amigos,

 

Ontem na bela e quente Fortaleza, com direito a mudanças táticas, Bahia venceu o Ceará em partida atrasada do BR18.

 

Desde o anúncio da escalação ficou claro que o time tricolor mudaria sua forma de jogar em relação as partidas anteriores. 

 

As mudanças promovidas por EM, com as entradas de Nilton e Flávio nos lugares de Elton (suspenso) e Vinicius deixaram clara a intenção do treinador tricolor em proteger mais sua defesa, vazada seguidas vezes nas ultimas rodadas. Além disso, o retorno de MA30 no lugar de Edigar clarificava o 4141 idealizado pelo treinador. 

 

O jogo iniciou de forma ruim, pobre tecnicamente. O campo irregular prejudicava o toque de bola tricolor. Além disso, Nilton iniciou a partida jogando como o primeiro homem de marcação, com Gregore e Flávio saindo mais para o jogo, o que não colaborou para uma melhor execução  das jogadas no terço final do campo. 

 

Para piorar a atuação do Bahia, os laterais tricolores foram nulos no ataque e MA30 não estava bem na partida, com pouca mobilidade e aceitando facilmente a marcação. Assim, ZR10 ficava sobrecarregado para municiar Gilberto. 

 

O Bahia teve uma chance clara de gol, após boa jogada de Flávio, que a zaga do Ceará cortou.

 

O Ceará pouco incomodava o gol de Douglas, que retornava à titularidade. O time cearense sempre parava na boa atuação dos zagueiros, em especial de LF.

 

Além de defender com muita qualidade, LF ainda se aventurou ao ataque. Numa cobrança de escanteio efetuado por MA30, Nilton raspou de cabeça e LF acertou um chutaço de canhota, no canto do goleiro Everson. BAHIA 1-0.

 

O plano de contenção elaborado por EM funcionava. O Ceará começou a se lançar ao ataque de forma desorganizada. Douglas praticou algumas defesas importantes, mas nada que realmente preocupasse o time baiano. 

 

De registro sobre a primeira etapa, vale destacar a entrada criminosa de Richardson sobre ZR10. Se fosse um atleta com complexão física menos privilegiada, teria quebrado a perna do melhor jogador do Nordeste. Como ZR10 é um fenômeno também nesse quesito, continuou em campo para alívio da massa tricolor. Fim da primeira parte. BAHIA 1-0.

 

No início do segundo tempo, quase o Bahia abre o placar. Elber foi ao fundo e cruzou para trás. Gilberto deixou passar e ZR10 acertou um chutaço, para grande defesa do arqueiro do alvinegro de Porangabuçú.

 

O que se viu na segunda parte do confronto foi o Ceará buscando o empate de forma desesperada, sem coordenação, e o Bahia tentando encaixar um passe para fechar o caixão. Douglas teve grande atuação, sempre cortando os cruzamentos ou fazendo intervenções de grande qualidade, como num chutaço do criminoso Richardson, que ele espalmou para o fundo.

 

Já no fim da partida, Elber fez boa jogada, partindo no contra-ataque e servindo Gilberto. O camisa 9, mesmo que andava sumido da partida, recebeu, carregou, entrou na área e bateu forte, rasteiro no canto. BAHIA 2-0. Alegria tricolor e primeiro triunfo fora de casa no BR18.

 

Douglas - Indiscutível a segurança que passa à defesa e a torcida tricolor. Sem presepadas, ceras ou firulas, mostra que é o titular da posição pela superioridade técnica que tem aos demais. 

 

Bruno - Sua pior partida no clube. Mal na marcação, tomou um passeio de Juninho Quixadá. Para piorar, não conseguiu uma subida ao ataque com qualidade. Pareceu exausto no fim do confronto.

 

Everson - Belíssima partida desse jovem zagueiro de muita qualidade. É jogador para o Bahia olhar com carinho, pois demonstra segurança, técnica e inteligência. Cometeu pouquíssimas faltas e foi muito bem.

 

LF - O melhor em campo. Não somente pelo gol, mas foi um monstro atrás. Compensou junto com Everson as falhas dos laterais.

 

Leo - Assim como Bruno, teve uma atuação muito ruim. Errou praticamente tudo, pouco foi ao ataque e nada produziu. 

 

Nilton - No primeiro tempo pareceu mal posicionado num lance que Quixadá enfileirou a defesa, mas de resto foi bem. Ganhou todas as bolas pelo alto, e na segunda parte, mais adiantado, distribuiu melhor o jogo.

 

Flávio - Muito boa partida. Joga fácil, famoso “dá e sai”. Já passou da hora de ter uma sequência no time titular.  

 

Gregore - Fez uma partida razoável. Não tem tanto cacoete para ir ao ataque. Na segunda parte, na dele, foi melhor.

 

MA30 - Visivelmente sem a explosão e arranque que o tornaram revelação do Baiano. Sem força física, ganhou poucas bolas do lateral cearense. Pouco ajudou na marcação. Ficou devendo geral.

 

ZR10 - Melhor que MA30, mas abaixo do que pode produzir. É um jogador essencial ao BAHIA, mas ontem esteve sobrecarregado na armação das jogadas. Quase faz um belo gol, em chute de primeira.

 

Gilberto - Mesmo mal é importante. Esteve sumido, isolado na maior parte do confronto. Mas qdo teve a oportunidade, não desperdiçou. 

 

Elber - Entrou e deu mais suporte ao lado direito. Apesar de ser o responsável por puxar os contra-ataques, não conseguiu acertar com frequência. No fim, fez boa jogada, servindo Gilberto para o 2 gol tricolor.

 

Edigar Junio - Entrou e pouco produziu.

 

Brumado - Entrou e prendeu a bola na frente. Acho que pode ser mais utilizado. Tem qualidade.

 

EM - Surpreendeu na escalação, dando trabalho ao Ceará. Fez a leitura correta na entrada de Elber, mas não entendi a entrada de Edigar Junio, com Gilberto cansado. 

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.